Informação

Este blog tem a modesta pretensão de divulgar somente orações CATÓLICAS, conforme a Santa Tradição da Igreja. Pedimos a caridade de nos informar eventual erro de digitação e/ou tradução, ou link quebrado (vejam o formulário no menu lateral). Gratos.

Pedido

"Aproveitemos o tempo para santificação nossa e dos nossos parentes e amigos. Solicitam orações, que estaremos rezando juntos, em união de orações aos Sagrados Corações."

Pesquisar neste blog

.


"Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém."

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Oração pelas Almas do Purgatório



Pope Gregory the Great Saving the Souls of Purgatory, by Sebastiano Ricci

Oração pelas Almas do Purgatório

Deus onipotente, Pai de bondade e de misericórdia, tende piedade das benditas almas do purgatório e ajudai a meus queridos pais e antepassados.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai a meus irmãos e parentes.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai a todos meus bem-feitores espirituais e temporais.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos que tem sido meus amigos e empregados.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai a quantos devo amor e orar.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai a quantos tive prejudicado e ferido.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos que tiveram faltado contra mim.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aqueles a quem professais predileção.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos que estão mais próximos a união convosco.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos que vos desejam mais ardentemente.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos que sofrem mais.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos que estão mais longe de sua liberação.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos que menos auxílios recebem.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos que mais méritos tem pela Igreja.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos que foram ricos aqui, e ali são os mais pobres.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos poderosos, que agora são como servos.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos cegos que agora reconhecem sua cegueira.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos vaidosos que desperdiçaram seu tempo.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos pobres que não buscaram as riquezas divinas.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos tíbios que muito pouca oração tem feito.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos presunsos que tem descuidado de tantas obras boas.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos de pouca fé que descuidaram dos Santos Sacramentos.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos reincidentes que apenas por um milagre da graça se tem salvado.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos pais que não vigiaram bem a seus filhos.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos superiores pouco atentos a salvação de seus súditos.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos pobres homens, que quase apenas se preocuparam do dinheiro e do prazer.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos de espirito mundano que não aproveitaram suas riquezas ou talentos para o céu.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos néscios, que viram morrer a tantos não se lembrando de sua própria morte.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos que não dispuseram a tempo de sua casa, estando completamente desprevenidos para a viagem mais importante.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos que julguais mais severamente, quanto mais lhes foi confiado.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos pontífices, reis e príncipes.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos bispos e seus conselheiros.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai a meus mestres e pastores de almas.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos finados sacerdotes desta diócese.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos sacerdotes e religiosos da Igreja católica.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos defensores da santa fé.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos caidos nos campos de batalha.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos sepultados nos mares.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos mortos repentinamente.

Jesus meu, misericórdia!

Ajudai aos falecidos sem receber os Santos Sacramentos.

Jesus meu, misericórdia!

Dai-lhes, Senhor, a todas as almas o descanso eterno.

Jesus meu, misericórdia!

E fazei brilhar sobre elas vossa eterna luz.

Jesus meu, misericórdia!

Que em paz descansem.

Jesus meu, misericórdia!

Amém.

sábado, 28 de abril de 2012

Oração ao pé da Cruz

ORAÇÃO AOS PÉS DA CRUZ


Ó meu Jesus, dai-me a Vossa força quando a minha pobre natureza se revolta diante dos males que a ameaçam, para que possa aceitar com amor as penas e aflições desta vida de exílio. Uno-me com toda a veemência aos Vossos méritos, às Vossas dores, à Vossa expiação, às Vossas lágrimas, para poder trabalhar convosco na obra da salvação. Possa eu ter a força de fugir ao pecado, causa única da Vossa agonia, do Vosso suor de sangue, e da Vossa morte.

Afasteis de mim o que Vos desagrada, e imprimi no meu coração com o fogo do Vosso santo Amor todos os Vossos sofrimentos. Abraçai-me tão intimamente, em abraço tão forte e tão doce, que nunca eu possa deixar-Vos sozinho no meio dos Vossos cruéis sofrimentos.

Só desejo um único alívio: repousar sobre o Vosso Coração. Só desejo uma única coisa: partilhar da Vossa Santa Agonia. Possa a minha alma inebriar-se com o Vosso Sangue e alimentar-se com o pão da Vossa dor!

Amém.

Padre Pio de Pietrelcina

_

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Oração Diária pelas Almas



Oração Diária pelas Almas

Senhor e Deus onipotente, suplico-vos que, pelo Santíssimo Corpo e Preciosíssimo Sangue que vosso Divino Filho, na noite de sua Paixão, deu em comida e bebida a seus apóstolos e deixou a toda Igreja em sacrifício perpétuo e salutar alimento dos féis, livreis as almas do purgatório e, em especial, a mais devota deste mistério de amor, para que, por ele, vos louve com o vosso divino Filho e com o Espírito Santo na eterna glória. Amém.

Três Pai-Nossos, Três Ave-Marias e Três Glórias.



*

terça-feira, 24 de abril de 2012

Súplica ao Sagrado Coração de Jesus


Súplica ao Sagrado Coração de Jesus


Ó amado Jesus meu, que prometestes atrair a Vós os corações dos homens, depois de haverdes sido levantado na Cruz; aqui tendes o meu pobre coração, que profundamente comovido com a vista da Vossa Paixão e morte, não pode por mais tempo resistir-Vos: atraí-o, pois, todo inteiro para Vós, e abrasai-o no Vosso amor.

Ó dores, ignominias, morte e amor do meu Jesus, gravai-vos indelevelmente em meu coração!e nunca de minha memória se aparte a Vossa lembrança saudável, para que incessantemente me sinta abrasado e consumido pela ardente caridade do meu divino Redentor.

Volvei, ó Eterno Pai, os Vossos olhos compassivos para o Vosso Filho, morto por meu amor, e, pelos Seus infinitos merecimentos, sede-me propício.

Não desanimes alma minha, a vista de teus enormes pecados; foi o próprio Deus, quem, para nos salvar, enviou ao mundo o Seu Unigênito Filho; e Este, para expiar as nossas culpas, voluntariamente Se ofereceu em sacrifício. Ah! meu Jesus! Já que, para me perdoardes a mim, Vos não poupastes a Vós, volvei sobre mim um daqueles olhares amorosos, que do alto da Cruz me lançastes: sim, olhai-me compassivo, iluminai as minhas trevas, e sobre tudo perdoai-me a ingratidão com que me tenho esquecido da Vossa dolorosa Paixão e do amor que nela me haveis manifestado.

Dou-Vos graças, Deus meu, pelas luzes que me concedeis, fazendo-me conhecer em Vosso corpo, todo chagado, o amor infinito do Vosso coração para conosco.

Ai de mim, Senhor, se ainda agora deixar de Vos amar, ou tiver a desgraça de empregar o meu amor noutro objeto. Fazei que eu possa exclamar, com o Vosso fidelíssimo servo, São Francisco de Assis: "Quero morrer pelo Vosso amor, já que Vós quisestes morrer por amor de mim!"

Ó coração patente e aberto do meu Redentor, morada feliz das almas vossas amantes, permiti que a minha alma encontre em Vós um doce e seguro asilo. Amém.


segunda-feira, 23 de abril de 2012

Ladainha da Boa Morte

Ladainha da Boa Morte 

 
Jesus, Senhor, Deus de bondade, Pai de misericórdia, aqui me apresento diante de Vós com o coração humilhado, contrito e confuso, a encomendar-vos minha última hora e a sorte que depois dela me espera.

Quando meus pés, frios já, me advirtam que meu caminho neste vale de lágrimas está por acabar;

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.

Quando minhas mãos trêmulas já não puderem segurar o Crucifixo, e a pesar meu o deixe cair sobre o leito de minha dor;

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.

Quando meus olhos, já vidrados e ofuscados pelo horror da morte iminente, se fixarem em Vós com um olhar lânguido e moribundo;

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.

Quando meus labios frios e trêmulos pronunciarem pela última vez vosso santíssimo nome e o nome de vossa Mãe Santíssima;

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.

Quando meu rosto pálido e lívido, causarem lástima e terror aos circunstantes, e os meus cabelos de minha cabeça, banhados com o suor da morte, anunciarem que está próximo o meu fim;

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.

Quando meus ouvidos, prestes a cerrar-se para sempre as conversas dos homens, se abram para ouvir de vossa boca a sentença irrevogável que marque minha sorte para toda a eternidade;

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.

Quando minha imaginação, agitada por horrendos fantasmas, se veja submergida em mortais tristezas, e meu Espírito, perturbado pelo temor de vossa justiça, a vista de minhas iniquidades, lute contra o anjo das trevas, que buscará levar-me ao desespero;

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.

Quando meu coração, débil e oprimido pelo dor da enfermidade, estiver agustiado com os horrores da morte, fatigado e rendido pelos esforços que tiver feito contra os inimigos de minha salvação;

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.

Quando derrame minhas últimas lágrimas, sintomas de minha destruição, recebei-as, Senhor, em sacrificio de expiação, para que morra como vítima de penitência, e naquele momento terrível,

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.

Quando meus parentes e amigos, juntos a mim, chorem ao ver-me no último suspiro, e quando invoquem vossa misericórdia em meu favor;

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.

Quando perdido o uso dos sentidos, desapareça todo o mundo de minha vista e gema entre as últimas agonias e dores da morte;

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.

Quando os últimos suspiros do coração forcem a minha alma a sair do corpo, aceitai-os como sinais de uma santa impaciência de ir a estar com Vós, então:

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.

Quando minha alma saindo do meu corpo, deixa-lo pálido, frio e sem vida, aceitai a destruição dele como um tributo que desde agora quero oferecer a vossa Majestade, naquela hora:

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.

Em fim, quando minha alma compareça diante de Vos, para ser julgada, não a expulseis de vossa presença, senão dignai-Vos recebê-la no seio amoroso de vossa misericórdia, para que cante eternamente vossa adorações;

Jesus misericordioso, tenhais compaixão de mim.
Oração

Oh! Deus meu, que condenando-nos a morte, nos haveis ocultado o momento e a hora, fazei que vivendo santamente todos os dias de nossa vida, mereçamos uma morte santa, abrasados em vosso divino amor.

Pelos méritos de nosso Senhor Jesus Cristo, que vive e reina com Vos, em unidade do Espírito Santo, pelos séculos dos séculos. Amém.


domingo, 22 de abril de 2012

NOVENA A SÃO JOSÉ OPERÁRIO

Com uma certa lástima pude constatar que na net não há muitos blogs com novenas para São José Operário (1º de Maio), nem em língua portuguesa, nem em língua italiana... E não posso não lembrar que a maioria do povo Cristão é feita de operários, de trabalhadores, de gente que precisa trabalhar para viver ou sobreviver. E me pergunto: a quem se recorrem? 

Optei por traduzir uma novena do italiano. GdA

NOVENA A SÃO JOSÉ OPERÁRIO 

Padroeiro da Igreja Universal, dos operários, das famílias e da boa morte
de 22 a 30 de abril 



(†) Pelo sinal da Santa Cruz, (†) livrai-nos Deus, Nosso Senhor, (†) dos nossos inimigos, (†) em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.  

1. Ó São José, meu protetor e defensor, a Vós recorro para que implorais por mim a graça pela qual me vedes gemer e suplicar diante de Vós. É verdade que as presentes tristezas e amarguras são, certamente, o justo castigo por meus pecados. Reconhecendo-me culpado, terei por isso que perder a esperança de ser ajudado pelo Senhor? “Ó! Não!” – me responde a Vossa grande devota Santa Teresa – “Certamente não, ó pobres pecadores! Socorrei-vos em qualquer necessidade, por mais grave que seja, à eficaz intercessão do Patriarca São José; ide com verdadeira fé até Ele e sereis atendidos em vossas causas”. Com tamanha confiança me apresento, portanto, diante de Vós e imploro misericórdia e piedade! Ah! Naquilo que Vos for possível, ó São José, pelo bem da minha alma e a glória de Deus, socorrei-me em minhas necessidades: _________________. Compensai minhas faltas e, poderoso como sois, fazei com que, obtida por Vossa pia intercessão a graça que imploro, eu possa voltar ao Vosso altar para Vos agradecer devidamente. 
Pai Nosso, Ave Maria, Gloria. 

2. Não Vos esqueçais, ó misericordioso São José, que nenhuma pessoa no mundo que, por grande pecadora que fosse, recorreu a Vós restou decepcionada na fé e na esperança que em Vós colocou. Quantas graças e favores tendes obtido para os aflitos! Doentes, oprimidos, caluniados, traídos, abandonados, recorrendo à Vossa proteção foram por Vós atendidos! Ah! Não permiti, ó grande Santo, que deva ser o único, entre tantos, a restar privado de Vosso conforto. Mostrai-Vos bom e generoso também comigo, e eu, agradecendo-vos, exaltarei em Vós a bondade e a misericórdia do Senhor.  
Pai Nosso, Ave Maria, Gloria. 

3. Ó excelso chefe da Sagrada Família, eu te venero profundamente e de coração Vos invoco. Aos aflitos que Vos rogaram antes de mim, concedestes conforto e paz, graças e favores. Dignai—Vos, portanto, de consolar também a minha alma sofredora, que não encontra repouso entre as injustiças pelas quais é oprimida. Vós, ó sapientíssimo Santo, vedes em Deus todas as minhas necessidades antes mesmo que eu Vos as diga com a minha prece. Sabeis, portanto, muito bem quanto preciso desta graça que Vos peço. Nenhum coração humano pode me consolar; por Vós espero ser confortado, por Vós, ó glorioso Santo. Se me concederdes a graça que com tanta insistencia Vos peço, prometo difundir mais ainda a devoção a Vós, de ajudar e apoiar as obras que, em Vosso Nome, surgem para alívio de tantos infelizes e dos pobres moribundos. Ó São José, consolador dos aflitos, tendes piedade de meu sofrimento. 
Pai Nosso, Ave Maria, Gloria.

Fonte: San Giuseppe, il Custode del Redentore
Tradução: Giulia d'Amore
  Para livre distribuição





DIVULGUEM A DEVOÇÃO AO GLORIOSO PATRIARCA CUSTÓDIO DE JESUS CRISTO E DA IGREJA CATÓLICA.  

_

sábado, 21 de abril de 2012

Que nada me separe de Vós, Jesus

Jesus, Que nada me separe de Vós,
nem a vida, nem a morte.
Seguindo-Vos em vida,
ligado a Vós com todo amor,
seja-me concedido expirar convosco no Calvário,
para subir convosco à glória eterna;

Seguirei convosco nas tribulações e nas perseguições,
para ser um dia digno de amar-Vos na revelada glória do Céu;
para cantar-Vos um hino de agradecimento
por todo o Vosso sofrimento por mim.

Jesus, que eu também enfrente como Vós,
com serena paz e tranquilidade,
todas as penas e trabalhos que possa encontrar nesta Terra;
uno tudo a Vosso méritos, às Vossa penas,
às Vossas expiações, às Vossas lágrimas,
a fim de que colabore convosco
para a minha salvação
e para fugir de todo o pecado
– causa que Vos fez suar sangue
e Vos reduziu à morte.

Destruí em mim tudo o que não seja do Vosso agrado.
Com o fogo de Vosso santa caridade,
escrevei em meu coração todas as Vossas dores.
Apertai-me fortemente a Vós,
de maneira tão estreita e tão suave,
que eu jamais Vos abandone nas Vossa dores.
Amém!



sexta-feira, 20 de abril de 2012

Consagração a Jesus Cristo pelas mãos de Maria

Consagração a Jesus Cristo pelas mãos de Maria


Ó Sabedoria Eterna e Encarnada! Ó amabilíssimo e adorável Jesus, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, unigênito Filho do Eterno Pai e da sempre Virgem Maria, adoro-vos profundamente no seio e nos esplendores do vosso Pai, durante a eternidade, e no seio virginal de Maria, vossa Mãe digníssima, no tempo de vossa Encarnação.

Eu vos dou graças por vos terdes aniquilado a vós mesmo, tomando a forma de escravo, para livrar-me do cruel cativeiro do demônio. Eu vos louvo e glorifico por vos terdes querido submeter a Maria, vossa Mãe Santíssima, em todas as coisas, a fim de por Ela tornar-me vosso fiel escravo.

Mas, ai de mim, criatura ingrata e infiel! Não cumpri as promessas que vos fiz solenemente no Batismo. Não cumpri com minhas obrigações; não mereço ser chamado vosso filho nem vosso escravo, e, como nada há em mim que de vós não tenha merecido repulsa e cólera, já não ouso aproximar-me por mim mesmo de vossa santíssima e augustíssima Majestade.

É por esta razão que recorro à intercessão e à misericórdia de vossa Mãe Santíssima, que me deste por Medianeira junto a Vós, e é por este meio que espero obter de Vós a contrição e o perdão de meus pecados, a aquisição e conservação da Sabedoria.

Ave, pois, ó Maria Imaculada, Tabernáculo vivo da Divindade, onde a Eterna Sabedoria escondida quer ser adorada pelos anjos e pelos homens!

Ave, ó Rainha do céu e da terra, a cujo império está sujeito tudo o que está abaixo de Deus!

Ave, ó refúgio seguro dos pecadores, cuja misericórdia jamais a ninguém falece! Atendei ao desejo que tenho da Divina Sabedoria, e recebei, para este fim, os votos e as oferendas, apresentadas pela minha baixeza.

Eu, N…, infiel pecador, renovo e ratifico hoje, em vossas mãos, os votos do Batismo. Renuncio para sempre a Satanás, suas pompas e suas obras, e dou-me inteiramente a Jesus Cristo, Sabedoria Encarnada, para segui-lo levando minha cruz, em todos os dias de minha vida. E, a fim de lhe ser mais fiel do que até agora tenho sido, escolho-vos neste dia, ó Maria Santíssima, em presença de toda a corte celeste, para minha Mãe e minha Senhora.

Entrego-vos e consagro-vos, na qualidade de escravo, meu corpo e minha alma, meus bens interiores e exteriores, e até o valor de minhas boas obras passadas, presentes e futuras, deixando-Vos direito pleno e inteiro de dispor de mim e de tudo o que me pertence, sem exceção, a vosso gosto, para a maior glória de Deus, no tempo e na eternidade.

Recebei, ó benigníssima Virgem, esta pequena oferenda de minha escravidão, em união e honra à submissão que a Sabedoria Eterna quis ter à vossa Maternidade; em homenagem ao poder que tendes ambos sobre este vermezinho e miserável pecador; em ação de graças pelos privilégios com que Vos favoreceu a Santíssima Trindade. Protesto que quero, de agora em diante, como vosso verdadeiro escravo, procurar vossa honra e obedecer-Vos em todas as coisas.

Ó Mãe admirável, apresentai-me a vosso amado Filho, na qualidade de escravo perpétuo, para que, tendo-me remido por Vós, por Vós também me receba favoravelmente. Ó Mãe de misericórdia, concedei-me a graça de obter a verdadeira Sabedoria de Deus, e de colocar-me, para este fim, no número daqueles a quem amais, ensinais, guiais, sustentais e protegeis como a filhos e escravos vossos.

Ó Virgem fiel, tornai-me em todos os pontos um tão perfeito discípulo, imitador e escravo da Sabedora Encarnada, Jesus Cristo, vosso Filho, que eu chegue um dia, por vossa intercessão e a vosso exemplo à plenitude de sua idade na terra e de sua glória nos céus.  Assim seja.



A Consagração a Jesus pelas mãos de Maria está no centro da espiritualidade de São Luís Maria Grignion de Montfort, autor do Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem.  Através de um ato de entrega, o fiel se dá a Deus através de sua Mãe.

terça-feira, 17 de abril de 2012

Novena a Nossa Senhora do Bom Conselho

Nossa Senhora do Bom Conselho
rogai por nós!
de 17 a 25 de abril

Dia de Nossa Senhora do Bom Conselho: 26 de Abril
 

Consagração a Nossa Senhora


Ó Maria, Mãe de Jesus e minha Mãe, eu Vos consagro neste dia todo o meu ser. Ponho em Vossas mãos tudo o que sou e tenho. Confio à Vossa proteção todos os meus projetos e desejos. Fazei que tudo seja para o bem de todos, principalmente daquelas pessoas a quem devo amar mais. Formai em mim um coração bondoso como o do vosso Filho Jesus, de onde todos possam receber a paz, a justiça e o amor. E guardai-me no Vosso coração materno, para que nenhum mal me aconteça e todo o bem me venha. E fazei-me lembrar sempre de que sou Vosso filho.
Amém.


Santa Maria, Mãe de Deus e da Igreja, guardai unida no amor a igreja do meu lar. Amém

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Terço em favor das Almas

Almas santas, almas do Purgatório, rogai a Deus por nós.
Que rogaremos a Deus por vós.

Terço em favor das Almas


Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Meu Deus, vinde em meu socorro.
Senhor, vinde sem demora em meu auxílio.
Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno.
E a luz perpétua os ilumine.
Descansem em Paz.
Amém!


Oração Preparatória: Senhor, preparai e fortalecei nosso coração com a abundância da vossa graça, a fim de que, penetrando em espírito de fé, caridade e compaixão nas tristes prisões do Purgatório, possamos levar aos fiéis que nele sofrem os tesouros de sufrágio que dão alívio a seus padecimentos, glória à vossa Divina Majestade e consolação e paz às nossas almas.

Rezar o Credo, um Pai-Nosso e três Ave-Marias.


Primeiro Mistério:

Nós Vos oferecemos, Amorosíssimo Jesus, o Preciosíssimo Sangue que derramastes no Horto, em sufrágio das almas do Purgatório, sobretudo pela que primeiro aí chegou.

Pai-Nosso e dez Ave-Marias.

Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno.
E a luz perpétua os ilumine.
Descansem em paz.
Amém.

Almas santas, almas do Purgatório, rogai a Deus por nós.
Que rogaremos a Deus por vós.


Segundo Mistério:

Nós Vos oferecemos, Benigníssimo Jesus, o Preciosíssimo Sangue que derramastes na fruel flagelação, em sufrágio das almas do Purgatório, em particular pelas que neste mundo não têm parentes nem amigos que orem por elas.

Pai-Nosso e dez Ave-Marias.

Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno.
E a luz perpétua os ilumine.
Descansem em paz.
Amém.

Almas santas, almas do Purgatório, rogai a Deus por nós.
Que rogaremos a Deus por vós.


Terceiro Mistério:

Nós Vos oferecemos, Clementíssimo Jesus, o Preciosíssimo Sangue que derramastes na dolorosa coroação de espinhos, em sufrágio das almas do Purgatório, em particular pelas que foram condenadas a sofrer, por mais tempo, maiores tormentos.

Pai-Nosso e dez Ave-Marias.

Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno.
E a luz perpétua os ilumine.
Descansem em paz.
Amém.

Almas santas, almas do Purgatório, rogai a Deus por nós.
Que rogaremos a Deus por vós.


Quarto Mistério:

Nós Vos oferecemos, Piedosíssimo Jesus, o Preciosíssimo sangue que derramastes levando a Cruz pelas ruas de Jerusalém, em sufrágio das almas do Purgatório, em particular pelas que estão mais próximas a sair daquele cárcere.

Pai-Nosso e dez Ave-Marias.

Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno.
E a luz perpétua os ilumine.
Descansem em paz.
Amém.

Almas santas, almas do Purgatório, rogai a Deus por nós.
Que rogaremos a Deus por vós.


Quinto Mistério:

Nós Vos oferecemos, finalmente, Misericordiosíssimo Jesus, o Preciosíssimo Sangue que derramastes pelas Vossas Mãos e Pés Santíssimos, quando fostes pregado na Cruz, em sufrágio das almas do Purgatório, em particular por aquelas a quem somos mais obrigados por parentesco, por gratidão ou por outro título afetuoso e, sobretudo, por aquelas por quem Vós sabeis que pediríamos, se nos fosse concedido ver as suas dores no Purgatório.

Pai-Nosso e dez Ave-Marias.

Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno.
E a luz perpétua os ilumine.
Descansem em paz.
Amém.

Almas santas, almas do Purgatório, rogai a Deus por nós.
Que rogaremos a Deus por vós.


Salve Rainha (das almas):

Salve Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura e esperança nossa - não só neste vale de lágrimas, porém, ainda, no lugar de nossa expiação - salve!
A Vós, clamamos, Consoladora dos aflitos; a Vós suspiramos, gemendo e chorando por nossos irmãos que sofrem no Purgatório.
Esses Vossos olhos misericordiosos volvei a eles, Advogada nossa, e mostrai-lhes Jesus, bendito fruto de Vosso ventre.
Isto Vos rogamos, encarecidamente, por eles, Oh! Clemente, Oh! Piedosa, Oh! Doce Virgem Maria!
Intercedei pelos mortos, Santa Mãe de Deus, para que entrem já no gozo das promessas de Cristo. Amém!


Oferecimento (Esta oração se reza no fim do terço)

Eu Vos rogo, meu clementíssimo Jesus, pela grande doçura do Vosso Coração, que tenhais piedade das almas aflitas, que estão penando no Purgatório.
Lembrai-Vos, jesus amorosíssimo, de tantas graças, de tantas misericórdias, de tantos benefícios, conosco tão prodigamente repartidos.
Lembrai-Vos das penas, das chagas, dos sofrimentos, das feridas e das dores que suportastes!
Lembrai-Vos de todas as gotas do Vosso Precioso Sangue, que pelos homens derramastes.
Lembrai-Vos, enfim, da morte penosíssima que por nós, pecadores, com tanto amor padecestes.
Por tudo isso Vos rogo, humildemente, que derrameis sobre aquelas almas aflitas a virtude, a eficácia, o fruto e a graça de vossos trabalhos e da Vossa Paixão, para que, aliviadas daquelas penas, fiquem inteiramente livres e salvas.
Lembrai-Vos, Jesus Misericordiosíssimo, que são Vossas filhas diletas, Vossas queridas amigas, por Vós remidas e por Vós eleitas para a glória do Paraíso.
Se ainda elas têm que sofrer, sejam benignamente absolvidas pela Vossa infinita misericórdia.
Nas Vossas Mãos eu as entrego, Piedosíssimo Senhor Jesus Cristo, e a Vós, de todo o coração, as recomendo.


Salmo 129 (Das Profundezas)

Das profundezas do abismo clamo a Vós, Senhor: Senhor, ouvi minha oração
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno!
E brilhe para elas a Vossa Luz.
Descansem em paz. Amém!
Que Vossos ouvidos estejam atentos à voz de minha súplica.
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno!
E brilhe para elas a Vossa Luz.
Descansem em paz. Amém!
Se tomardes em consideração as nossas iniqüidades, Senhor, quem poderá subsistir diante de Vós?.
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno!
E brilhe para elas a Vossa Luz.
Descansem em paz. Amém!
Mas Vós sois rico de misericórdia; e eu espero em Vós, Senhor, por causa de Vossa lei.
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno!
E brilhe para elas a Vossa Luz.
Descansem em paz. Amém!
Minha alma apoiou-se em Vossa palavra, minha alma pôs toda sua confiança no Senhor.
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno!
E brilhe para elas a Vossa Luz.
Descansem em paz. Amém!
Minha alma espera pelo Senhor, mais ansiosa do que os vigias, pela manhã.
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno!
E brilhe para elas a Vossa Luz.
Descansem em paz. Amém!
Desde a manhã até à noite, Israel espera no Senhor, porque no Senhor existe misericórdia; encontra-se n'Ele copiosa redenção.
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno!
E brilhe para elas a Vossa Luz.
Descansem em paz. Amém!
É Ele quem resgatará Israel de todas as suas iniqüidades.
Dai-lhes, Senhor, o repouso eterno!
E brilhe para elas a Vossa Luz.
Descansem em paz. Amém!


Jaculatória:

Doce Coração de Jesus:
Fazei que eu Vos ame cada vez mais. 


vide também: http://farfalline.blogspot.com/2015/11/2-de-novembro-dia-de-finados.html

+
Informe aqui seu e-mail para receber as publicações do Thesaurus Precum: Delivered by FeedBurner

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Diante dos assaltos do inimigo



A Ele deves recorrer nos assaltos do inimigo; n'Ele deves pôr esperança, e d'Ele deves esperar todo o bem. Não te detenhas, voluntariamente, naquilo que o inimigo te apresente. Recorda que "vence quem foge"; e tu, diante dos primeiros movimentos de aversão sobre aquelas pessoas, deves afastar o pensamento e recorrer a Deus. Dobra teu joelho ante Ele e com grandíssima humildade repete esta breve súplica: “Tem misericórdia de mim, que sou uma pobre (alma) enferma”. Depois levanta-te e com santa indiferença continua em teus negócios.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Lembrai-vos...

A Virgem azul
Carlo Dolci

Memorare, o piisima Virgo Maria, non esse auditum a saeculo, quemquam ad tua currentem praesidia, tua implorantem auxilia, tua petentem suffragia esse derelicta.

Nos tali animati confidentia ad te, Virgo Virginum, Mater, currimus; ad te venimus; coram te gementes peccatores assistimus.
Noli, Mater Verbi, verba nostra despicere, sed audi propitia et exaudi.

Amen.
Lembrai-vos, ó Piíssima Virgem Maria, de que nunca se ouviu dizer, que algum daqueles que tenha recorrido à vossa clemência, implorado a vossa assistência, reclamado o vosso socorro, fosse por vós abandonado.
Animado eu, pois, com igual confiança, a vós, Virgem das Virgens, como Mãe recorro, de vós me valho e gemendo sob o peso de meus pecados, me prosto a vossos pés.
Não desprezeis as minhas súplicas, ó mãe do Verbo de Deus humanado, mas dignai-vos de as ouvir propícia e de me alcançar o que vos rogo.
Amém.

Belíssima oração de São Bernardo, pode ser rezada todos os dias pela noite e é parte da Consagração a Nossa Senhora de São Luis de Montfort.
+

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Oração pedindo fervorosa devoção ao Sagrado Coração de Jesus

Oração pedindo fervorosa devoção ao Sagrado Coração de Jesus



Pelas singulares prerrogativas de Vosso dulcíssimo Coração, alcançai-me ó poderosa Mãe de Deus e minha Mãe, uma verdadeira e sólida devoção ao Sagrado Coração de Jesus, Vosso muito amado Filho, a fim de que, conservando-me unida com Ele por meus pensamentos e minhas afeições cumpra todos os meus deveres. Fazei, ó Maria, que, com um coração cheio de coragem sirva a Jesus hoje e todos os dias de minha vida.

Coração de Jesus, abrasado de amor por nós.
Inflamai o nosso coração de amor por Vós.

(Oração retirada do livreto: Venha a nós o Vosso Reino. Manual de piedade para as alunas das irmãs missionárias do Sagrado Coração de Jesus, 1959, com imprimatur)

A Igreja celebra a Festa do Sagrado Coração de Jesus na sexta-feira da semana seguinte à Festa de Corpus Christi. Vide mais aqui: http://precantur.blogspot.com/2017/06/o-assunto-e-o-sagrado-coracao-de-jesus.html.

*

Orações pelas almas para cada dia da semana

Orações pelas almas para cada dia da semana
São Gregório liberta a alma de um monge do Purgatório
Giovanni Battista Crespi
 Domingo
Oh! Deus Onipotente, eu Vos suplico, pelo sangue precioso que Vosso Divino Filho derramou no horto, que liberteis as almas do purgatório, e em particular concedais as que estão mais esquecidas e abandonadas o eterno descanso, para que vos louve e bendigam eternamente.Amém.
Reza-se o Pai-Nosso e Ave-Maria e o De Profundis (Sl 129).

Segunda-Feira
Oh! Deus Onipotente, eu Vos suplico, pelo sangue precioso que Vosso Divino Filho derramou na cruel flagelação que sofreu, que liberteis as almas do purgatório, e em particular as que estão mais próximas a entrar na Vossa Glória, para que comecem a louvar-Vos e bendizer-Vos eternamente.Amém.
Reza-se o Pai-Nosso e Ave-Maria e o De Profundis (Sl 129).

Terça-Feira
Oh! Deus Onipotente, eu Vos suplico, pelo sangue precioso que Vosso Divino Filho derramou na coroação de espinhos, que liberteis as almas do purgatório, e em particular a que deveria a última a sair, para que não tarde tanto a louvar-vos e bendizer-Vos ternamente.Amém.
Reza-se o Pai-Nosso e Ave-Maria e o De Profundis (Sl 129).

Quarta-Feira
Oh! Deus Onipotente, eu Vos suplico, pelo sangue precioso que Vosso Divino Filho derramou pelas ruas de Jerusalém na condução da cruz as costas, que liberteis as almas do purgatório, e em particular a mais rica de méritos, afim de que, no sublime trono de glória que a espera, Vos louve e bendiga eternamente.Amém.
Reza-se o Pai-Nosso e Ave-Maria e o De Profundis (Sl 129).

Quinta-Feira
Oh! Deus Onipotente, eu Vos suplico, pelo sangue precioso que Vosso Divino Filho, que na noite da sua paixão Ele próprio deu em comida e bebida a seus amados Apóstolos e deixou a toda a Igreja em sacrifício perpétuo e alimento vivificante de seus fiéis, liberteis as almas do purgatório, e em particular a mais devota deste mistério de amor, para que por ele Vos louve com Vosso divino Filho e com o Espírito Santo na Vossa glória eternamente.Amém.
Reza-se o Pai-Nosso e Ave-Maria e o De Profundis (Sl 129).

Sexta-Feira
Oh! Deus Onipotente, eu Vos suplico, pelo sangue precioso que Vosso Divino Filho derramou na árvore da cruz, especialmente de seus sacratíssimos pés e mãos, que liberteis as almas do purgatório, e em particular aquelas por quem tenho maior obrigação de pedir, para que não se demorem ali penando por minha culpa, nem sejam por mais tempo privadas de Vos louvar e bendizer eternamente.Amém.
Reza-se o Pai-Nosso e Ave-Maria e o De Profundis (Sl 129).

Sábado
Oh! Deus Onipotente, eu Vos suplico, pelo sangue precioso que manou do lado de Vosso divino Filho, a vista e com extrema dor de sua Mãe Santíssima, que liberteis as almas do purgatório, e em particular a que tenha sido mais devota desta senhora, para que senão demore em ir louvar-Vos na glória, por todos os séculos dos séculos.Amém.
Reza-se o Pai-Nosso e Ave-Maria e o De Profundis (Sl 129).


DE PROFUNDIS (Sl 129):

1. Do fundo do abismo, clamo a vós, Senhor!
2. Senhor, ouvi minha oração; que vossos ouvidos estejam atentos à voz de minha súplica.
3. Se levardes em conta nossos pecados, Senhor, quem poderá permanecer diante de vós?
4. Mas em vós se encontra o perdão dos pecados, para que, reverentes, o sirvamos.
5. Ponho a minha esperança no Senhor. Minha alma tem confiança em sua palavra.
6. Minha alma espera pelo Senhor, mais ansiosa do que os vigias esperando a manhã;
7. Mais do que os vigias aguardam a manhã, Espere Israel pelo Senhor.
Porque junto dele se acha a misericórdia; Encontra-se nele copiosa redenção.
8. Ele mesmo há de remir Israel de todas as suas iniqüidades.  


Vide também: http://farfalline.blogspot.com/2015/11/2-de-novembro-dia-de-finados.html.

domingo, 8 de abril de 2012

Resurréxit, sicut dixit, alleluia!

Cristo in Gloria
Lorenzo Lotto - 1543



R/ Regína Cæli, lætáre, alleluia;
V/ Quia quem meruísti portáre, alleluia;
R/ Resurréxit, sicut dixit, alleluia;
V/ Ora pro nóbis Deum, alleluia.
R/ Gaude et lætáre, Virgo Maria, alleluia.
R/ Quia surréxit Dóminus vere, alleluia. 


Oremus.  Deus, qui per resurrectiónem Filii tui Dómini nostri Jesu Christi mundum lætificáre dignátus es: præsta, quæsumus; ut, per ejus Genitrícem Vírginem Mariam, perpétuæ capiámus gáudia vitæ. Per eumdem Christum, Dóminum nostrum. Amém.

*

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Et inclinato capite, tradidit spiritum

Deus, qui peccáti véteris hereditáriam mortem, in qua posteritátis genus omne succésserat, Christi Fílii tui, Dómini nostri, passióne solvísti, da, ut confórmes eídem facti, sicut imáginem terréni hóminis natúræ necessitáte portávimus, ita imáginem cæléstis grátiæ sanctificatióne portémus. Per Christum Dóminum nostrum. R. Amen.

Ó Deus, que pela paixão de vosso Cristo, Senhor nosso, destruíste a morte herdada com o antigo pecado por toda posteridade, concedei que, tornando-nos semelhantes a Cristo e trazendo pela igualdade da natureza sua imagem terrena, possamos também trazer pela justificação a imagem de sua celeste graça. Pelo mesmo Cristo Senhor nosso.

Dio, che con la passione di Cristo tuo Figlio e Signore nostro hai dissolto la morte, eredità del peccato antico cui era soggetta l’intera discendenza umana, fa’ che, diventati a lui conformi, come per l’ineluttabilità della natura abbiamo portato l’immagine dell’uomo terrestre, così per la santificazione della grazia portiamo ora l’immagine dell’uomo celeste. Per Cristo Signore nostro. Amen.



As Três Ave-Marias de Santa Matilde


Como Santa Matilde suplicasse à Santíssima Virgem que a assistisse na hora da morte, ouviu que a benigníssima Senhora lhe disse:  
    "Sim o farei; mas quero que por sua parte me rezes diariamente três Ave-Marias.
    A primeira Ave-Maria, pedindo que, assim como Deus Pai me elevou a um trono de glória sem igual, fazendo-me a mais poderosa no céu e na terra, assim também eu te assista na terra para fortificar-te e afastar de ti toda potestade inimiga.
    A segunda Ave-Maria, me pedirás que, assim como o Filho de Deus me concedeu a sabedoria, em tal extremo que tenho mais conhecimento da Santíssima Trindade que todos os Santos, assim eu te assista na passagem da morte para encher tua alma das luzes da fé e da verdadeira sabedoria, para que não a obscureçam as trevas do erro e ignorância.
    A terceira Ave-Maria, pedirás que, assim como o Espírito Santo me concedeu as doçuras de seu amor, e me tem feito tão amável que depois de Deus sou a mais doce e misericordiosa, assim eu te assista na morte enchendo tua alma de tal suavidade de amor divino que toda pena e amargura da morte se troque para ti em delicias."
A prática desta devoção consiste em rezar todos os dias três Ave-Marias agradecendo à Santíssima Trindade os dons de Poder, Sabedoria e Amor que outorgou à Virgem Imaculada, e pedindo a Maria que use deles em nosso auxílio.

        Todos os dias, rezar o seguinte:

        Maria, Mãe minha; livrai-me de cair em pecado mortal!
        1- Pelo o Poder que te concedeu o Pai Eterno.   
        Rezar uma Ave-Maria.

        2- Pela Sabedoria que te concedeu o Filho.    
        Rezar uma Ave-Maria.

        3- Pelo Amor que te concedeu o Espírito Santo.   
        Rezar uma Ave-Maria.

Santa Matilde com Nossa Senhora


Observação:
Aqui, uma bela Oração a São Benedito, onde se sugere rezar todas as noites as três Ave-Maria como obséquio a São Benedito, pois "Com esta prática obterás a proteção da Santíssima Virgem, o que te proporcionará felicidade nesta vida e na outra". 



Leia outros posts sobre esta bela devoção: 

  1. A devoção das Três Ave-Marias: http://precantur.blogspot.com.br/2013/01/a-devocao-das-tres-ave-marias.html
  2. Novena das Três Ave-Marias: http://precantur.blogspot.com.br/2013/02/novena-das-tres-ave-marias-i.html
  3. Novena eficaz das Três Ave-Maria: http://precantur.blogspot.com.br/2013/02/novena-das-tres-ave-marias-ii.html
_

terça-feira, 3 de abril de 2012

Oração pelos Agonizantes IV

ORAÇÃO PELOS AGONIZANTES IV

Oh Clementíssimo Jesus, que Vos abrasais de amor pelas almas, eu Vos suplico pela agonia do Vosso Sacratíssimo Coração e pelas dores da vossa Mãe Imaculada, que purifiqueis no Vosso Sangue os pecadores de todo o mundo que agora estão em agonia e hoje mesmo têm de morrer. Amén.
Coração agonizante de Jesus, tende piedade dos moribundos.

Oh! São José, pai adoptivo de Jesus Cristo e verdadeiro esposo da Virgem Maria, rogai por nós e por todos os agonizantes deste dia/desta noite.

Extrema Unção
Pietro Longhi


Eterno Pai, pelo amor que tendes a São José, escolhido por vós para ser o vosso representante na terra, tende misericórdia de nós e dos pobres moribundos.
 
Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.


Eterno Filho, pelo amor que tens a São José, vosso guarda fidelíssimo, tende misericórdia de nós e dos pobres moribundos.

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.


Eterno Espírito Santo, pelo amor que tendes a São José, zelosíssimo guarda da Santíssima Virgem Maria, Vossa amada Esposa, tende misericórdia de nós e dos pobres moribundos.

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.

Vale a pena ver...

Vale a pena ler