Informação

Este blog tem a modesta pretensão de divulgar somente orações CATÓLICAS, conforme a Santa Tradição da Igreja. Pedimos a caridade de nos informar eventual erro de digitação e/ou tradução, ou link quebrado (vejam o formulário no menu lateral). Gratos.

Pedido

"Aproveitemos o tempo para santificação nossa e dos nossos parentes e amigos. Solicitam orações, que estaremos rezando juntos, em união de orações aos Sagrados Corações."

Pesquisar neste blog

.


"Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém."

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Louvor da Cruz

LOUVOR DA CRUZ



"NO DIA ETERNAMENTE alegre e eternamente lacrimoso no qual o Filho de Deus feito homem foi colocado em uma Cruz, todas as coisas de uma só vez entraram em ordem, e nesta ordem divina a Cruz se levantou sobre todas as coisas criadas. Destas, umas manifestaram a bondade de Deus, outras sua misericórdia, outras sua justiça. Apenas a Cruz foi símbolo de seu amor e o penhor de sua graça. Por Ela confessaram os confessores e foram castas as virgens, e viveram vida angélica os padres do deserto, e foram os mártires testemunhas firmes que puseram suas vidas à guilhotina, com varonil e firmíssimo semblante. Do sacrifício da Cruz procederam aquela portentosas energias com que os fracos assombraram os fortes, com que os proscritos e desarmados subiram ao Capitólio, com que uns pobres pescadores venceram o mundo. Pela Cruz, alcançam a vitória todos aqueles que combatem, e a misericórdia todos os que a pedem, e amparo todos os desamparados, e alegria todos os tristes, e consolo todos os que choram. Desde que se ergueu a Cruz no ar, não há homem algum que não possa viver no Céu antes mesmo de deixar na terra seus restos mortais; porque se ainda vives aqui pela tribulação, já estás lá pela esperança".

DONOSO CORTÉS

Juan Donoso Cortés, Marquês de Valdegamas (1809-1853) foi um filósofo, parlamentar, político e diplomático espanhol, funcionário da monarquia espanhola sob o regime liberal. Apoiou os isabelinos na Guerra Carlista. Em 1851 saiu à luz sua primeira obra famosa "Ensayo sobre o catolicismo, o liberalismo e o socialismo", o seu salto à filosofia política.


Original:

ALABANZA DE LA CRUZ


"EL DÍA ETERNAMENTE alegre y eternamente lloroso en que el Hijo de Dios hecho hombre fue puesto en una Cruz; todas las cosas a la vez entraron en orden, y en ese orden divino la Cruz se levantó sobre todas las cosas criadas. De ellas, unas manifestaron la bondad de Dios, otras su misericordia, otras su justicia. Sólo la Cruz fue símbolo de su amor y la prenda de su gracia. Por ella confesaron los confesores y fueron castas las vírgenes, y vivieron vida angélica los padres del yermo, y fueron mártires testigos firmes que pusieron sus vidas al cuchillo con varonil y constantísimo semblante. Del sacrificio de la Cruz procedieron aquellas portentosas energías con que los flacos asombraron a los fuertes, con que los proscriptos y desarmados subieron al Capitolio, con que unos pobres pescadores vencieron al mundo. Por la Cruz alcanzan la victoria todos los que vencen, y esfuerzo todos los que combaten, y misericordia todos los que la piden, y amparo todos los desamparados, y alegría todos los tristes, y consuelo todos los que lloran. Desde que se levantó la Cruz en los aires, no hay hombre ninguno que no pueda vivir en el cielo aún antes de dejar en la tierra sus mortales despojos; porque si aún vive aquí por la tribulación, está ya allí por la esperanza".


*

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Novena da Natividade de Nossa Senhora II

De 29 de Agosto a 7 Setembro



NOVENA PREPARATÓRIA EM FAMÍLIA,

DA NATIVIDADE DE NOSSA SENHORA



Esquema da Celebração:
(Inicia-se com a invocação:)

Ó Deus vinde em nosso auxilio;
Senhor, socorrei-me e salvai-nos.
Glória ao Pai, e ao Filho, e ao Espirito Santo
Como era no principio, agora e sempre. Amem.

(Segue-se a habitual invocação do Espirito Santo, A seguir  reza-se o Terço como habitualmente incluindo, em cada mistério, a invocação:)

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Exercícios piedosos aos Cristãos - por São Pio X


Exercícios piedosos aos Cristãos


Um bom cristão, pela manhã, assim que desperta, deve fazer o sinal da Cruz, e oferecer o coração a Deus, dizendo estas ou outras palavras semelhantes: "Meu Deus, eu vos dou o meu coração e a minha alma".

Ao levantar da cama e enquanto nos vestimos, deveríamos pensar que Deus está presente, que este dia pode ser o último da nossa vida; ademais, devemos levantar-nos e vestir-nos com toda a modéstia possível.

A um bom cristão, apenas se tenha levantado e vestido, convém pôr-se na presença de Deus e ajoelhar-se, se pode, diante de alguma devota imagem, dizendo com devoção: "Eu Vos adoro, meu Deus, e Vos amo de todo o coração; dou-Vos graças por me terdes criado, feito cristão e conservado nesta noite; ofereço-Vos todas as minhas ações, e peço-Vos que neste dia me preserveis do pecado, e me livreis de todo o mal. Assim seja". E rezar depois o Pai-Nosso, a Ave-Maria, o Credo, e os Atos de Fé, de Esperança e de Caridade, acompanhando-os com um vivo afeto do coração.

O cristão, podendo, deveria todos os dias:

1º. Assistir com devoção à Santa Missa;
2º. Fazer uma visita, por breve que fosse, ao Santíssimo Sacramento;
3º. Rezar o terço do Santo Rosário.

Antes do trabalho, convém oferecê-lo a Deus, dizendo do coração: "Senhor, eu Vos ofereço este trabalho, dai-me a vossa bênção". Deve-se trabalhar para glória de Deus e para fazer a sua vontade.

Antes da refeição, convém fazer o sinal da Cruz, estando de pé, e depois dizer com devoção: "Senhor, abençoai-nos a nós e ao alimento que vamos tomar, para nos conservarmos no vosso santo serviço".

Depois da refeição, convém fazer o sinal da Cruz, e dizer: "Senhor, eu Vos dou graças pelo alimento que me destes; fazei-me digno de participar da mesa celeste".

Quando nos vemos atormentados por alguma tentação, devemos invocar com fé o Santíssimo Nome de Jesus ou de Maria, ou recitar fervorosamente alguma oração jaculatória, como, por exemplo: "Dai-me a graça, Senhor, de que eu nunca Vos ofenda"; ou então fazer o sinal da Cruz, evitando porém que as outras pessoas, pelos sinais externos, suspeitem da tentação.

Quando uma pessoa reconhece ou receia ter cometido algum pecado, convém fazer imediatamente um ato de contrição, e procurar confessar-se quanto antes.

[Quando fora da igreja se ouve o sinal de elevação da Hóstia na Missa solene, ou da bênção do Santíssimo Sacramento] é bom fazer, ao menos com o coração, um ato de adoração, dizendo, por exemplo: "Graças e louvores se dêem a todo o momento ao Santíssimo e diviníssimo Sacramento".

Ao toque das Ave-Marias [pela manhã, ao meio-dia e à noite], o bom cristão recita o Anjo do Senhor ["Angelus"] com três Ave-Marias.

À noite, antes de se deitar, convém pôr-se, como de manhã, na presença de Deus, recitar devotamente as mesmas orações, fazer um breve exame de consciência, e pedir perdão a Deus dos pecados cometidos durante o dia.

Antes de adormecer, farei o sinal da Cruz, pensarei que posso morrer esta noite, e oferecerei o coração a Deus, dizendo: "Meu Senhor e meu Deus, eu Vos dou todo o meu coração. Trindade Santíssima, concedei-me a graça de bem viver e de bem morrer. Jesus, Maria e José, eu Vos encomendo a minha alma'.

No decurso do dia pode-se invocar a Deus frequentemente com as orações breves que se chamam "jaculatórias". Eis algumas: (vejam outras aqui]

"Senhor, valei-me";

"Senhor, seja feita a vossa santíssima vontade";

"Meu Jesus, eu quero ser todo vosso";

"Meu Jesus, misericórdia";

"Doce Coração de Jesus, que tanto nos amou, fazer que eu Vos ame cada vez mais";

"Doce Coração de Maria, sede minha salvação";

É muito útil recitar, durante o dia, muitas jaculatórias, e podem recitar-se também com o coração, ser preferir palavras, caminhando, trabalhando, etc.

Além das orações jaculatórias, o cristão deveria exercitar-se na "mortificação cristã". Mortificar-se quer dizer privar-se, por amor a Deus, daquilo que agrada, e aceitar o que desagrada aos sentidos ou ao amor-próprio.

Quando é o Santíssimo Sacramento levado a um enfermo, devemos, sendo possível, acompanhá-Lo com modéstia e recolhimento; e, se não é possível acompanhá-Lo, fazer um ato de adoração em qualquer lugar que nos encontremos, e dizer: "Consolai, Senhor, este enfermo, e concedei-lhe a graça de se conformar com a vossa santíssima vontade e de conseguir a sua salvação".

Ouvindo tocar o sino pela agonia de algum moribundo, irei, se puder, à igreja orar por ele; e, não podendo, encomendarei a Nosso Senhor a sua alma, pensando que dentro em breve hei de encontrar-me também eu nesse estado.

Ao ouvir sinais pela morte de alguém, procurarei rezar um "De profundis" ou um "Réquiem", ou um Pai-Nosso e uma Ave-Maria, pela alma desse defunto, e renovarei o pensamento da morte.


Catecismo Maior de S. Pio X


Créditos aos excelentes blogs:
http://catolicosribeirao.blogspot.com
http://catolicostradicionais.blogspot.com.br

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Reflexão diante da Cruz


Este poema é de autor desconhecido e, dizem, se encontra em uma igreja do Peru. A Prêmio Nobel de Literatura de 1945, Gabriela Mistral, chilena, é apontada em alguns lugares como a provável autora, mas não há comprovação. Ela era feminista.



REFLEXÃO DIANTE DA CRUZ



Nesta tarde, Cristo do Calvário,
Vim Te rogar pela minha carne enferma;
Porém, ao ver-Te, meus olhos vão e vêm
De meu corpo a Teu corpo, com vergonha.

Como queixar-me de meus pés cansados,
Quando vejo os Teus destroçados?
Como mostrar-Te minhas mãos vazias,
Quando as Tuas estão cheias de feridas?

Como explicar a Ti minha solidão,
Quando na Cruz estás suspenso e só?
Como explicar-Te que não tenho amor,
Quando tens rasgado o coração?

Agora já não lembro mais de nada,
Fugiram de mim todos os meus males.
O ímpeto da súplica que trazia
Sufoca em minha boca mendicante.

E apenas peço não pedir-Te nada, estar aqui, 

Junto à Tua imagem morta,
E ir aprendendo que a dor é apenas
A chave santa de Tua santa porta.

Amém. 


* * *


Original em Espanhol:

 

REFLEXIÓN ANTE LA CRUZ



 En esta tarde Cristo del Calvario
Vine a rogarte por mi carne enferma
Pero al verte, mis ojos van y vienen
De tu cuerpo a mi cuerpo con vergüenza.

¿Cómo quejarme de mis pies cansados
Cuando veo los tuyos destrozados?
¿Cómo mostrarte mis manos vacías
Cuando las tuyas están llenas de heridas?
¿Cómo explicarte a ti mi soledad
Cuando en la cruz alzado y solo estás?
¿Cómo explicarte que no tengo amor
Cuando tienes rasgado el corazón?

Ahora ya no me acuerdo de nada,
Huyeron de mi todas mis dolencias,
El ímpetu del ruego que traía
Se me ahoga en la boca pedigüeña.
Y sólo pido no pedirte nada, estar aquí
Junto a tu imagen muerta,
Ir aprendiendo que el dolor es sólo
La llave santa de tu santa puerta.
Amén.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Nunca desistir

Não desista nunca

Nem quando o cansaço se fizer sentir,
Nem quando os teus pés tropeçarem,
Nem quando os teus olhos arderem,
Nem quando os teus esforços forem ignorados,
Nem quando a desilusão te abater,
Nem quando o erro te desencorajar,
Nem quando a traição te ferir,
Nem quando o sucesso te abandonar,
Nem quando a ingratidão te desconsertar,
Nem quando a incompreensão te rodear,
Nem quando a fadiga te prostrar,
Nem quando tudo tenha o aspecto do nada,
Nem quando o peso do pecado te esmagar...

Invoque Deus, cerre os punhos, sorria... E recomece!

São Leão Magno


quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Verifique se seu blog (blogspot/Google) está com vírus

Para descobrir se seu blog está com vírus, digite na barra de navegação de internet: 
http://www.google.com.br/safebrowsing/diagnostic?site=seublog.blogspot.com 

Exemplo: http://www.google.com.br/safebrowsing/diagnostic?site=http://precantur.blogspot.com/  

Depois clique Enter e o Google fará a verificação, mostrando um relatório dos últimos 90 dias. Foi neste relatório que descobri que um blog que estava em minha lista de favoritos (blogroll) está infectado. Por isso que meu blog mostrou possível ameaça de vírus, porque se você tem em seu blogroll um blog/site que esteja listado como suspeito, o simples nome e link deste blog/site dispara o alerta vermelho contra seu blog. 
 
Então imediatamente retirei o link que levava ao referido blog infectado e com isso o problema está resolvido. Eu aconselho a todas blogueiras e blogueiros que façam esta verificação em seus blogs!
Cliquem na foto para ver como é o relatório:
 

Uma dica: se seu blog/ site estiver com vírus, visite o link abaixo  que explica como resolver com a ferramenta para Webmasters do Google:

Meu blog está limpo! Espero que esta postagem ajude a quem está com este problema.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Sê puro, jovem!

Para os jovens que almejam a perfeição cristã, aqui está um ótimo auxílio. Pode também lançar mão do PDF imprimível do folheto.



SÊ PURO!

 

ALEGRIA


Vale a pena ser puro, não te parece? A pureza é um tesouro. Dá-nos saúde, alegria, felicidade, o Céu. “bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus”. Ser casto é não profanar o corpo, templo santo de Deus. “Não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que habita em vós, que o tendes de Deus e não sois vossos? O templo de Deus é santo e vós sois esse templo, vós sois o templo do Deus vivo” (S. Paulo).

A pureza é a mais bela virtude de um rapaz. És puro? Alegra-te: És um herói. Admiras um ás do esporte ou um grande campeão? Se ele depois da vitória fraqueja pecando e tu resistes à tentação, o campeão és tu. Ele nem sequer é digno de te desapertar os cordões dos sapatos. 

E a impureza que dá? A ruina do corpo e a ruina da alma: remorso, desonra e quantas vezes a doença, a morte e o inferno: “A maior parte das almas vai para o inferno por pecados impuros. Não duvido até afirmar que todos os que se condenam vão para o inferno ou só por este pecado ou, pelo menos, com este pecado também” (S. Afonso Maria de Ligório). O impuro é um fruto podre, flor murcha,, juventude estragada ao despontar da vida. 

Queres ser puro? Com a graça de Deus podes sê-lo. Caíste uma, talvez até mais vezes? Não desanimes! Mesmo assim podes ser casto. 

São inúmeros os rapazes que se corrigiram e agora vivem sem um único pecado mortal nesta matéria. O Céu está cheio de pecadores arrependidos. 

Para seres puro, tens que querer, querer decididamente e lutar. Tentações hás de tê-las até a morte. a vida cristã ou a conversão não tiram as dificuldades nem as más inclinações. A graça dá-nos a força de combater, resistir, vencer, não a de ficar sem tentações. Coragem! Mostrarás que és um homem de caráter, que queres verdadeiramente ser puro, se empregares os meios. São sobretudo estes:


CAMINHO


1 – Recato contigo? Sim, no vestir, despir, banhos e praias. Estás só? Deus vê tudo. E com os outros? Mais cautela ainda. O teu corpor é santo, e dos outros também;
Ai de ti se fizesse pecar alguém, sobretudo um inocente. Estarias no número dos escandalosos dos quais disse Jesus: “mais valia atarem-lhes uma pedra no pescoço e atirarem-nos ao fundo do mar”.

2 – Cuidado com a vista. Não fixes o olhar no que te pode causar tentação. Não leias livros proibidos pela Igreja, nem perigosos. Em qualquer leitura, sentes tentações violentas, que não consegues vencer? Estás obrigado a deixá-la.
Não frequentes maus cinemas. A fita que julgavas boa perturba-te? Fecha os olhos ou volta-os para o lado. E se o escândalo for grande, porque não sais?

3 – Nunca fales de coisas perigosas. Começaram os outros? Retira-te. Diz que está com pressa, que tens de ir à tua vida, a jogar, a qualquer parte. Se não puderes, muda com habilidade a conversa ou, pelo menos, cala-te e não consintas internamente.
Há problemas que te preocupam? Pergunta-os a teus pais, ou a um sacerdote. Mas não fales nunca dessas coisas com companheiros levianos.

4 – Afasta os maus pensamentos: Acometem-te muitas vezes? Não te admires. O mesmo acontece a tantos outros! Não há nisso pecado nenhum. O pecado está na deleitação consentida, na demora voluntária e maliciosa. Acode ao Coração de Jesus ou a Nossa Senhora, com uma breve oração. Depois, distrai-te com qualquer coisa: jogos, trabalhos, leituras, conversas. Ainda que o pensamento te volte muitas vezes, se não consentires, não pecas.

5 – Evita as ocasiões: bailes perigosos... determinadas festas... intimidade ou convivência com certas pessoas... Foge como de peste das más companhias. Escolhe bem os teus amigos.

6 – O teu futuro... Virás a ser chefe de família? Para tão alta missão não te poderás preparar melhor que pela castidade perfeita. Respeita as moças como as tuas irmãs ou a tua mãe. Não andes com familiaridades ou brincadeiras levianas com elas. Nem te metas em namoros, antes de poderes pensar a sério no casamento.

7 – Vive uma vida enérgica, alegre, própria dum rapaz: trabalha, estuda, lê livros proveitosos, passeia, diverte-te honestamente e entrega-te ao apostolado. Não sejas um molengas sempre à busca de comodidades, ou um efeminado que só gosta de prazeres baixos e indignos.


MAIS QUE TUDO


1 – Reza com frequência, ainda que pouco de cada vez. Vem a tentação? Recorre logo a Nossa Senhora com uma breve oração. "Ninguém pode resistir se não se recomenda a Deus quando é tentado... Quem, então, não recorre a Deus está perdido. A única defesa contra essas tentações é a oração... A castidade é uma virtude custosa. Não temos força para a guardar sem o auxílio de Deus. E Deus só concede esse auxílio a quem o pede. Quem o pede, obtém-no certamente" (Santo Afonso).
Ao levantar e deitar reza três Ave-Marias entremeadas da jaculatória: “Ó minha Mãe, livrai-me do pecado mortal”. E por que não farás também o propósito de rezar o terço todos os dias?

2 – Sê muito devoto dos Sagrados Corações de Jesus e Maria. Para que te concedam tão grande graça, oferece-lhes alguns sacrifícios, que tanto fortalecem a vontade. Os primeiros hão de ser, fugir dos perigos: livros, vistas, cinemas desonestos, conversas, más companhias. Podes acrescentar outros como: não fumar, não comer ou não beber tal coisa, não ir ao cinema, dominar a curiosidade, rezar etc.

3 – Comunga muitas vezes. Quando Jesus estiver no teu peito, pede-lhe que te faça muito puro. Ouve estas palavras dum grande apóstolo da juventude: “Encontrei muitos rapazes que na sua vida se conservaram sempre puros, mas não conheço sequer um que tenha podido manter-se casto sem a comunhão frequente. Posso assegurar que os rapazes que conseguiram levantar-se para não mais cair, quando lhes pergunto a causa principal da sua vitória, respondem sempre: a Comunhão frequente. Note-se que falo de várias centenas de rapazes puros que conheço muito bem”.
Quantas vezes hás de comungar? Responde o mesmo autor: “A comunhão mensal pode algumas vezes bastar para certos rapazes que não sentem tendências perigosas muito fortes. Entre 80 encontrei só 4 que mo afirmaram. Todos os outros confessaram-me: ‘sei-o por experiência, a comunhão mensal não basta’.” (Mons. Olgiati).

4 – Confessa-te com frequência. Seria bom procurares um sacerdote que te compreenda. E tomá-lo como confessor certo.
Sê muito sincero com ele. Conta-lhe tudo. Não te envergonhes nem sequer de lhe dizer muitas vezes as mesmas coisas. Conhece bem as fraquezas dos rapazes. Com poucas palavras entende tudo.
Propõe confessar-te logo, se for possível no mesmo dia, se alguma vez tivesses a desgraça de ofender a Deus. Como te atreves a deitar-te em pecado mortal? Podes acordar no inferno. Antes de adormecer faz sempre o Ato de Contrição.
Quando te confessares, repara bem: se não estás verdadeiramente arrependido, podes fazer uma confissão nula ou sacrílega.

5 – Toma a resolução de fazer determinado sacrifício ou rezar tal coisa por cada vez que caíres. Alguns exemplos: confessar-se, rezar um terço, ouvir Missa, fazer cinco sacrifícios custosos, não ir ao cinema, ao futebol, não fumar etc. Escolhe qualquer destas coisas e cumpre-a fielmente. Foi assim que muitos rapazes mudaram de vida. Toma também tu esta resolução: “Por amor ao Imaculado Coração de Maria e para ser puro proponho fazer... por cada vez que cair em tal pecado”.

6 – Acredita. A pureza é difícil. Mas é tal o seu encanto que merece a pena empregar todos os esforços para consegui-lo. Maria Santíssima é tua Mãe, e tão boa, tão tua amiga, que te há de ajudar a lutar e vencer. Volta-te com muito amor e confiança para o seu Coração Imaculado.


ORAÇÕES


Repete muitas vezes, sobretudo nos momentos de perigo, depois da Comunhão, ou entre as duas elevações da Missa:

1 - Coração de Jesus, fonte de toda a pureza, tende piedade de nós.
2 - Sagrados Corações de Jesus e Maria, eu vos confio a pureza do meu coração.
3 - Santa Maria, purificai o meu corpo e o meu coração (300 dias de indulg.).
4 - Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós (300 dias de indulg.).
5 - Ó Coração Puríssimo de Maria, Virgem Santíssima, obtende-nos de Jesus a pureza e a humildade de coração (300 dias de indulg.).

Sagrado Coração de Jesus, sou muito fraco e sem a Vossa ajuda tornar-me-ei um grande pecador. Pelo vosso Coração vos suplico, com todo o fervor da minha alma, que me façais puro. Tende compaixão de mim, afastai para longe os perigos, não me deixeis cair em tentação, dai-me um amor apaixonado à castidade e um amor tão intenso por Vós, que me leve a combater sempre com generosidade e coragem. Criai em mim um coração limpo, um coração digno de Vos amar e de amar a Vossa e minha Mãe Imaculada. "Sagrado Coração de Jesus, eu tenho confiança em Vós". (300 dias de indulg.). – Amigo, lê muitas vezes esta pagela!

Impresso com as devidas licenças dos Superiores e da Autoridade Eclesiástica.

1963 – 3ª edição: 100.000 a 120.000 exemplares. 

 

DO ORIGINAL:





terça-feira, 7 de agosto de 2012

Regras Para uma Vida Piedosa

Eu li em algum lugar que não importa muito a fonte, mas a mensagem. Não concordo que isso deva ser regra, porque a fonte é importante, uma vez que não devemos beber uma água que, apesar de aparentemente limpa, venha de uma fonte envenenada, de um veneno transparente, sem gosto e sem cheiro... Mas, neste caso, apesar de se tratar de um blog ortodoxo, do qual recebo atualizações pelo Reader, devo dizer que não há nada aqui contra a Fé Católica. E no que os ortodoxos seriam melhor do que nós no culto e na piedade? Até porque já ouvi algo assim, aqui e ali, na boca e na pena de nossos grandes Santos e Santas. Por isso, aí vai:




Regras Para uma Vida Piedosa...


Obrigue-se a acordar cedo, numa hora previamente marcada.

Tão logo levante, volte sua mente para Deus.

Faça o sinal da cruz, e agradeça-Lhe pela noite que passou e por todos os Seus dons em seu favor. Peça-Lhe para guiar todos os seus pensamentos, sentimentos e desejos de forma que tudo o que você disser ou desejar seja agradável a Ele.

Enquanto se arruma, perceba a presença do Senhor e de seu Anjo da Guarda. Peça ao Senhor Jesus Cristo para lhe colocar o manto da salvação.

Depois de banhar-se, recolha-se nas orações matinais.

Reze ajoelhado, com concentração, reverência e simplicidade, como é adequado diante dos olhos do Altíssimo.

Peça que lhe dê fé‚ esperança e prática da caridade, como também resignação para aceitar tudo o que o dia que chegou possa trazer - suas dificuldades e problemas.

Peça-Lhe que abençoe as suas atividades. Peça-Lhe ajuda para realizar aquela tarefa especialmente desagradável que lhe espera e/ou para evitar de maneira especial um determinado pecado.

Se puder, leia algum trecho da bíblia, especialmente do Novo Testamento ou do Livro dos Salmos. Leia com o desejo de receber luz espiritual, inclinando seu coração para reconhecer seus pecados e deles se arrepender. Tendo lido um pouco, pare e reflita sobre o que leu; e leia mais um pouco, escutando aquilo que o Senhor sugere ao seu coração.

Tente reservar ao menos quinze minutos para contemplar espiritualmente os ensinamentos da Fé‚ e tirar proveito espiritual do que tiver lido.

Sempre agradeça ao Senhor que não lhe deixa perecer em seus pecados, mas cuida de você e de todas as maneiras possíveis o conduz para o Seu Reino celestial.

Comece o dia como você tivesse acabado de decidir tornar-se cristão e viver de acordo com os mandamento de Deus.

Ao cumprir sua obrigações, esforce-se para que tudo seja feito para a glória de Deus. Nada comece sem rezar, pois tudo o que fazemos sem rezar depois mostra-se improdutivo ou incompleto. As palavras do Senhor são verdadeiras: "Sem mim, nada podeis fazer".

Imite Nosso Senhor, que trabalhou ajudando São José e Sua Puríssima Mãe. Enquanto trabalha, mantenha-se em bom estado de espírito, sempre contando com a ajuda do Senhor. É bom repetir sem cessar a oração: "Senhor Jesus Cristo, tem piedade de mim, pecador" ["Domine Iesu Christe, Fili Dei, miserere mei, peccatoris (peccatricis)"].

Se suas atividades têm sucesso, agradeça a Deus. Se não, coloque-se sob Seu arbítrio, pois Ele cuida de você e tudo direciona para o melhor. Aceite as dificuldades como uma penitência por seus pecados, em espírito de obediência e humildade.

Antes de qualquer refeição, peça que Deus abençoe a comida e a bebida; ao terminar, agradeça e peça-Lhe que não o prive de suas bênçãos espirituais. É bom deixar a mesa ainda com um pouco de fome. Em tudo, evite excessos. Seguindo o exemplo dos antigos cristãos, jejue às quartas e sextas-feiras.

Não seja guloso. Contente-se em ter o que comer e o que vestir, imitando Cristo que veio pobre para o nosso bem.

Esforce-se por louvar ao Senhor em tudo, de forma que você não seja reprovado por sua própria consciência. Lembre-se: Deus sempre vê você e observa cuidadosamente os sentimentos, pensamentos e desejos do seu coração.

Evite mesmo os menores pecados, para não cair nos grandes. Tire de seu coração cada um e todo pensamento e desígnio que o leva para longe do Senhor. Lute especialmente contra os desejos impuros; tire-os do seu coração como você tiraria uma fagulha de suas roupas. Se você não quer ficar confuso com desejos impuros, aceite humildemente ser humilhado pelos outros.

Não fale muito. Lembre-se que prestaremos contas a Deus por cada palavra que tivermos dito. É melhor ouvir que falar: falar muito torna impossível evitar pecados.

Não seja curioso para ouvir novidades, as quais apenas envolvem e distraem o espírito. Não condene ninguém, e considere-se o pior de todos. Quem condena os outros, está tomando para si os pecados deles. É melhor se apiedar do pecador, e rezar para que Deus o corrija à Sua maneira.

Se alguém não ouve os seus conselhos, não discuta. Mas se os atos desse alguém são uma tentação para outros, tome atitudes corretas, pois o bem dos outros, que são muitos, pesam mais que o bem de um só.

Nunca rejeite ou invente desculpas. Seja gentil, calmo e humilde. Resista a tudo, de acordo com o exemplo de Jesus. Ele não vai sobrecarregar você com uma cruz que exceda a sua força; e sim ajudá-lo a carregar a cruz que você tem.

Peça ao Senhor a graça de cumprir Seus Santos Mandamentos da melhor maneira que puder, mesmo se pareçam muito difíceis de observar. Agindo bem, não espere gratidão, mas tentação: pois o amor a Deus é testado pelos obstáculos. Não espere adquirir alguma virtude sem sofrimento.

No meio das tentações, não desespere, mas dirija-se a Deus com pequenas orações: "Senhor, me ajude... Ensina-me a... Não me deixe... Proteja-me..." O Senhor sempre permite tentações e provações. Ele também dá a força para superá-las.

Peça a Deus para tirar de você tudo o que alimenta seu orgulho, mesmo que isso seja amargo. Evite ser áspero, aborrecido, desanimado, desconfiado, suspeitoso ou hipócrita, e evite a rivalidade. Seja sincero e simples em suas atitudes. Humildemente aceite os conselhos dos outros, mesmo se você conhece mais e é mais experiente.

O que você não quer que seja feito a você não faça aos outros. Ao invés, faça aos outros aquilo que você quereria que fizessem para você. Se alguém lhe visita, seja atencioso com ele. Seja modesto, sensato e, às vezes, dependendo das circunstâncias, seja também cego e surdo.

Quando se sentir mole ou resfriado, não deixe de realizar suas habituais orações e práticas piedosas. Tudo o que você faz em nome do Senhor Jesus, mesmo as menores e imperfeitas coisas, tornam-se um ato de piedade.

Se você quer encontrar paz, confie-se inteiramente a Deus. Você não encontrará paz até que repouse em Deus, amando somente a Ele.

De vez em quando, isole-se, seguindo o exemplo de Jesus, para rezar e contemplar Deus. Contemple o infinito amor de Nosso Senhor Jesus Cristo, Seus sofrimentos e morte, Sua Ressurreição, Sua Segunda vinda e o Juízo Final.

Vá à Igreja tanto quanto possível. Confesse-se mais frequentemente e receba os Santos Sacramentos. Fazendo isso, você aproxima-se de Deus, e essa é a maior bênção. Durante a confissão, reconheça e confesse abertamente e com contrição todos os seus pecados, pois os pecados não reconhecidos levam à morte.

Dedique os domingos às obras de caridade e misericórdia. Por exemplo, visite alguém doente, console quem estiver sofrendo, salve quem estiver perdido. Se alguém ajuda o perdido a encontrar Deus receberá uma grande recompensa nesta vida e no mundo futuro. Estimule seus amigos a ler literatura espiritual cristã e a debater temas espirituais.

Deixe Cristo Jesus, o Senhor, ser Seu mestre em tudo. Constantemente recorra a Ele, voltando sua mente a Ele; pergunte a si mesmo: "O que Ele faria em similar circunstâncias?".

Antes de ir dormir, reze abertamente e com todo o coração, examinando os pecados cometidos durante o dia que passou. Condicione-se a reconhecer seus pecados com coração contrito, com sofrimento e lágrimas, para que não repita os pecados cometidos.

Ao ir para a cama, faça o Sinal da Cruz, beije a cruz e confie-se ao Senhor Deus, que é o seu bom Pastor. Considere que talvez você possa encará-Lo nesta noite.
Recorde-se do amor do Senhor para com você e ame-O com todo o seu coração, sua alma e sua mente.
Agindo assim, você alcançará a vida abençoada no Reino da eterna Luz.

A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja com você. Amém.


"Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores. (...) Porque o Senhor conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá" (Salmos 1:1-6).

Fonte: O Cetro Real.

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

As quinze promessas do Santo Rosário e o Beato Alano

As quinze promessas do Santo Rosário


Alguém que rezava o Saltério da Virgem Maria foi assaltado, durante sete longos anos, por espantosas tentações dos demônios, às vezes em seus sentimentos, às vezes fisicamente. E, por todo esse tempo, quase não teve consolação, a mínima que fosse. Por misericórdia de Deus, apareceu-lhe enfim a Rainha da Clemência que, acompanhada por alguns santos, visitando-o, de quando em quando, e derrotando Ela mesma a tentação, libertou-o do perigo [...] e lhe confiou a tarefa de pregar este Rosário”.

No início do ano de 1475, o frade dominicano Alano da Rocha[1] decidia passar para o papel os eventos miraculosos dos quais havia sido protagonista alguns anos antes. Naquele momento, encontrava-se em Lille, onde participava, como professor de Teologia, do Capítulo da Congregação Reformada da Holanda.

Decidiu escrever seu memorial bem em tempo. A 8 de setembro daquele mesmo ano, o frade dominicano morreria em odor de santidade, no convento de Zwolle, na Holanda, aos 47 anos, entregando ao povo cristão um tesouro de inestimável valor, recebido diretamente da Virgem Maria durante uma de suas aparições: quinze promessas “a todos os que rezarem meu Rosário com devoção”.

Mas quem era Alano de la Roche, para ser alvo de tanto afeto e predileção? Um nome que provavelmente só os historiadores da Ordem Dominicana conhecem. Nascido na Bretanha (França) em 1428, foi acolhido entre os seguidores de São Domingos no mosteiro de Dinan, diocese de Saint-Malo. Ali, muito jovem, fez a profissão religiosa, para mais tarde transferir-se para o convento de Lille. Depois dos estudos de filosofia e teologia no Colégio São Tiago, de Paris, recebeu do Capítulo Geral da Ordem, em 1459, a tarefa de lecionar durante o ano escolar de 1460-1461. Nesse meio tempo, durante uma visita a Lille, em 1460, foi nomeado membro da Congregação Reformada da Holanda, para tentar levar os conventos de volta à regra de observância.

Cruzada dos Costumes Cristãos

Sugestão para senhoras católicas brasileiras que queiram começar uma verdadeira Cruzada dos Costumes Cristãos em sua cidade, entre suas amigas. Basta adaptar o livreto de adesão para o Brasil. Sugiro que o façam em World, tamanho A5, margens: 1,27cm; a fonte usada foi Palatino Linotype, mas podem usar outra de suas escolha, contanto que, ao final, obtenha 4 páginas. Quando for imprimi-lo, usar estas especificações: "4 páginas por folha", "Páginas: 1,4,1,4". Para imprimir o verso, manter a configuração "4 páginas por folhas" e "Páginas, 3,2,3,2"; e obterão dois folhetos. Y're welcome!

CRUZADA DOS COSTUMES CRISTÃOS

(C.C.C.)

Senhoras católicas de Portugal, à conspiração judaico-maçônica, tão anti-portuguesa como anticristã, que porfia paganizar o mundo, é urgente opor uma generosa, uma invencível Cruzada que se proponha restaurar e defender os santos Costumes Cristãos.
É a Cruzada para restaurar e defender tudo quanto vos deve encher o coração generoso e puro de mulheres portuguesas e cristãs.
É a Cruzada pela vossa dignidade, pela vossa Pátria, pela vossa Religião.
Deus, a Pátria, a vossa dignidade querem a 


 

CRUZADA DOS COSTUMES CRISTÃOS


PROGRAMA


1º — A Cruzada dos Costumes Cristãos, consagrando-se ao Santíssimo Coração de Jesus e tomando por modelo e protetora a Imaculada Padroeira de Portugal, propõe-se restaurar e defender, contra o neo-paganismo, os Costumes Cristãos nos indivíduos, nas famílias e na sociedade.
2º — Para esse fim, resolvem as Associadas:

a) Consagrar suas famílias e promover a consagração das outras ao Santíssimo Coração de Jesus, por meio da entronização da sua imagem; b) Desterrar de suas casas tudo o que desdiga a modéstia e decoro cristãos, como livros, jornais, revistas, quadros, coleções de postais, álbuns etc.; c) Evitar, rigorosamente, no vestir qualquer coisa que ofenda o pudor, como o seriam os vestidos curtos, apertados, transparentes, decotados; d) Não tomar parte alguma em danças menos honestas; e) Não assistir a espetáculos, teatros, cinemas etc., onde haja perigo para a moralidade; f) Não promover, nem concorrer para festas mundanas, nem sequer para as organizadas sob pretexto de caridade; g) Nas conversas, sobretudo com pessoas de diferente sexo, evitar com todo cuidado palavras equívocas e expressões menos dignas, e nunca versar assuntos escandalosos, ou que, de longe sequer, possam ofender a pureza, os primores da piedade e o respeito devido aos ministros de Deus e às coisas santas; h) Em todo o porte exterior, evitar tudo o que destoe da dignidade e da modéstia da mulher cristã; i) Empregar todos os esforços para que os moribundos recebam os últimos sacramentos;
3º — As Associadas que forem mães de família ou tiverem a seu cargo a educação de meninas velarão com sumo cuidado para não exporem suas filhas ou educandas a perder o pudor, quer pelo modo de vestir ou nudezas excessivas, quer pela promiscuidade de sexos e certas liberdades complacentemente permitidas.
4º — As que tiverem outras pessoas sob a sua dependência exigirão que elas atendam a estas normas; e todas no meio de suas amigas e conhecidas pugnarão com firmeza, sem respeitos humanos, pelos costumes cristãos.
5º — Farão todas uma comunhão mensal em reparação pelas ofensa que recebe Jesus no Santíssimo Sacramento da parte das pessoas que profanam com trajes indecentes a santidade da Casa de Deus.
6º — Podem ser Associadas as senhoras de qualquer estado ou idade que se comprometam a observar este programa.
7º — Tratará dos interessas da Cruzada, uma comissão de senhoras que, entre si, nomearão uma Presidente, Vice-Presidente, Secretária e Tesoureira.




Eu _______________________________________________, aderi à Cruzada dos Costumes Cristãos, comprometendo-me a observar o seu programa a ___ de ____________ de 19__. Assim Deus me ajude. 

Aprovação da autoridade eclesiástica


Aprovamos e abençoamos os estatutos da Associação denominada “Cruzada dos Costumes Cristãos”, Associação oportuníssima e de suma necessidade; pelo que fazemos voto por que ela tenha o desejado êxito na luta contra os costumes pagãos que a mulher de hoje parece querer preferir aos santos e nobres costumes cristãos.

Braga, 27 de maio de 1923.

MANUEL, Arcebispo Primaz.



Folheto original, do blog Ascendens:

 
Fonte: Ascendens


Vide:

Ato de Consagração ao Imaculado Coração de Maria para obter a Pureza.
Ato de Consagração ao Imaculado Coração de Maria
_

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Coroa de São José, Esposo Castíssimo da Mãe de Deus

Coroa de São José, Esposo Castíssimo da Mãe de Deus

 


 

Para implorar seu auxílio em qualquer necessidade 

É costume entre os devotos de São José dedicar-lhe um dia na semana; e assim como se consagra a Nossa Senhora o sábado, assim os devotos de São José dedicam a nosso Santo as quartas-feiras. Além da missa e comunhão, com que costumam honrar o Santo Patriarca, fazem-lhe também algumas orações e devoções particulares. É muito própria para esse dia a coroinha que escreveu e rezava o Revmo. Pe. Xifré, superior geral dos Missionários do Coração de Maria, que morreu em odor de santidade.

* * * 

Clique para ver mais imagens
V. Louvemos de todo o coração o Senhor Deus nosso, honrando e recomendando-nos com muito fervor a São José, escolhido para a dignidade mais alta e excelente, depois da divina maternidade.
R. Por todos os séculos dos séculos.

V. Louvemos e demos graças à Trindade generosíssima, por ter adornado o glorioso Patriarca São José, mais que nenhum outro santo, com seus celestes dons divinos e carismas.
R. Por todos os séculos dos séculos.

V. Louvemos e demos graças à Trindade bondosíssima, por ter constituído o glorioso São José sobre sua família, e havê-lo instituído em nosso favor, fiel administrador de todos os seus bens.
R. Por todos os séculos dos séculos.

V. Louvado, exaltado e glorificado seja o Pai Eterno, por ter escolhido o excelso São José para que junto ao Filho de Deus, fizesse suas vezes na terra, e por lhe ter dado um coração amoroso e paternal para com o divino Filho, e supliquemos-lhe com grande fervor e profundíssima humildade, nos conceda benignamente o que tanto desejamos.
R. Amém.

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória

V. Louvado, exaltado e glorificado seja o Filho Unigênito, por ter recebido o excelso São José por seu Pai adotivo, e infundido em seu coração um cuidado amoroso e diligente para zelar por sua vida, alimentá-lo, vesti-lo e defendê-lo; e supliquemos-lhe confiantemente nos conceda a graça de que tanto necessitamos.
R. Amém.

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória

V. Louvado, exaltado e glorificado seja o Espírito Divino, que no egrégio São José deu à Virgem Imaculada um esposo castíssimo, muito semelhante à celeste Senhora, e fiel custódio da sua virgindade, enchendo ao mesmo tempo o coração do ilustre Patriarca de muito amor e grande estima do tesouro que lhe tinha confiado; e roguemos-lhe e até importunemo-lo humildemente e com afeto de filhos, para conseguir a graça de que tanto precisamos, que tanto desejamos, e pela qual tanto suspiramos.
R. Amém.

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória


Oração


    Oh! glorioso São José, a quem o Pai Eterno comunicou sua paternidade, o Filho divino honrou com esta mesma qualidade e o Espírito Santo escolheu para ser esposo de sua mesma Esposa;
    Eu vos felicito e vos dou mil parabéns, porque fostes levantado a tão alta dignidade e adornado de tantas graças.
    Mas lembrai-vos oh! glorioso Santo, que de alguma maneira também sois nosso pai, porque o sois de Jesus, nosso irmão maior.
    Não esqueçais ainda que sois verdadeiro esposo de nossa Mãe muita amada e por esse mesmo título também pai dos filhinhos daquele Coração Imaculado.
    Ora, cheios de confiança filial, erguemos hoje os olhos e os fitamos nesse vosso rosto bondosíssimo, e a Vós bradamos na presente necessidade, bem assim como os pintinhos constantemente bradam por suas mães, e ainda com muito mais razão, porque não há amor de mãe, por extremosa que seja, que iguale nem se possa comparar ao amor que Vós nos tendes.
    Lançai, pois, um olhar amoroso para os que assim vos contemplam, e para os que a Vós clamam do fundo de seus corações.
    Compadeçam-se essas entranhas, já de si tão ternas, das necessidades em que nos encontramos.
    Oh! Pai amado, que nossas obras digam com o nome que levais, que significa acréscimo; desempenhai dignamente o título de Padroeiro e Protetor universal, que vos dá a Igreja.
    Fazei conosco segundo a multidão de vossas misericórdias, e sejam as obras garantia de vossos ofícios: fazei, enfim, como quem sois.
    Olhai, Pai misericordiosíssimo, que não mudastes de condição, que o vosso poder estende-se a todas as nossas necessidades; eia, zelai por vossa honra.
    E se tudo isto não bastar, vo-lo pedimos pelo grande amor que tivestes a vossa amada Esposa e ao bom Jesus, de cuja divina presença desejamos gozar convosco, por toda a eternidade, na celeste Jerusalém.
    Amém.

Vale a pena ver...

Vale a pena ler