Pular para o conteúdo principal

Loja da Editora Missões Cristo Rei, clique e confira!

Pedido

"Aproveitemos o tempo para santificação nossa e dos nossos parentes e amigos. Solicitam orações, que estaremos rezando juntos, em união de orações aos Sagrados Corações."

Ofício Parvo de Nossa Senhora

O OFÍCIO PARVO DE NOSSA SENHORA


PALE IDEAS 

“Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós e por todos quantos a vós não recorrem, de modo especial pelos inimigos da Santa Igreja e por aqueles que a vós estão recomendados”. São Maximiliano Maria Kolbe.

Os ofícios religiosos são orações e súplicas dirigidas a Deus, diretamente ou pela intercessão dos Santos. Foram inúmeras, ao longo da história da salvação humana, as orações feitas pelos cristãos em busca dos favores divinos, tão necessários para o bem das almas e para se manterem livres e seguros dos perigos deste mundo e das ciladas do mal. Nosso Senhor Jesus Cristo e os apóstolos praticaram a vida de oração (Cf. Mc 14,34-38) e a recomendaram para nos mantermos unidos a Deus e aos Seus propósitos sempiternos. “Propôs-lhes Jesus uma parábola para mostrar que é necessário orar sempre sem jamais deixar de fazê-lo” (Lc 18,1). “Intensificai as vossas invocações e súplicas. Orai em toda circunstância, pelo Espírito, no qual perseverai em intensa vigília de súplica por todos os cristãos” (Ef 6,18). “Orai sem cessar” (1Tess 5,17). E entre as práticas mais comuns estão os Ofícios Divinos, que são praticados pelos religiosos consagrados, nos coros, e pelos leigos, nas ordens terceiras e nas associações piedosas ou populares, como os Apostolados da Oração ou as Confrarias e Arquiconfrarias.


A palavra “ofício” vem de “opus” que em latim significa “obra”. Devemos reservar um momento para parar em meio a toda a agitação da vida e recordar que a Obra é de Deus. Trata-se da oração quotidiana em diversos momentos do dia, através de Salmos e cânticos, da leitura de passagens bíblicas e da elevação de preces a Deus. Com essa oração, a Igreja procura cumprir o mandato que recebeu de Cristo, de rezar incessantemente, louvando a Deus e pedindo-Lhe por Si e por todos os homens.

São chamadas de “parvas” as versões simples ou simplificadas das orações e liturgias, uma vez que vem de “parvus”, que em latim significa justamente “pequeno”. Portanto, o “Ofício Parvo de Nossa Senhora”, também conhecido como o “Pequeno Ofício de Nossa Senhora”, é uma forma mais breve do “Ofício Comum de Nossa Senhora”. 


Aviso: há inúmeros ofícios dedicados a Nossa Senhora, e é preciso ter cuidado porque alguns deles foram parar no Index. Nem tudo que reluz é ouro! 

Dentre todos os santos, a Virgem Maria sempre foi e sempre será o modelo perfeito de dedicação, confiança, entrega e união com Deus, por meio da encarnação do Verbo divino, Jesus Cristo, que se fez Carne em seu ventre santo e habitou entre nós para nos dar a salvação eterna, pela Redenção. Por isso, os cristãos sempre recorrem à Sua intercessão na certeza de que Àquela por quem nos veio o Salvador se encontra em Sua glória e pedirá a Deus, Uno e Trino, que sejamos atendidos em todas as nossas necessidades. Para isto, se reza com frequência o Ofício que lhe é dedicado.

Segundo a tradição, as orações que viriam a ser o Oficio Parvo de Nossa Senhora foram prescritas pelo Papa São Zacarias ao mosteiro beneditino de Montecassino, em 752, provavelmente para ser rezado em conexão com as Missas votivas de Nossa Senhora no sábado.

São Pedro Damião, Doutor da Igreja, voltou a rezar o ofício 300 anos mais tarde, e por achá-lo útil e proveitoso o revisou e recomendou. A princípio, foi adotado também por outras duas comunidades religiosas: os cistercienses e os camaldulenses, e posteriormente pelo clero secular também. As congregações femininas e as ordens terceiras por diversas vezes fizeram obrigatória para seus membros a recitação do Ofício Parvo.

Com o tempo o Ofício apresentou versões diversas nas diferentes comunidades e regiões em que era utilizado. Coube a Papa São Pio V unificá-lo e padronizá-lo para uso de todos, encarregando, para tanto, o Cardeal de Milão, São Carlos Borromeu, de dar-lhe a forma atual. O Ofício, então, se tornou popular também entre os leigos.

São elementos do Ofício Parvo de Nossa Senhora: textos bíblicos com maior ou menor referência ao mistério de Maria, com salmos e antífonas apropriadas, reponsórios, intercessões e oração, toda de um caráter mariano, pois é em Maria que está toda a ênfase do Ofício, sempre ligada, porém, ao mistério de Cristo e ao plano de Deus para a salvação e santificação da Humanidade. Maria é sempre retratada com parte da História da Salvação, como o fruto admirável do Poder Divino, como a Mãe do Redentor, ou como a Imagem da Igreja.

A quem recita o Ofício Parvo a Igreja concedeu várias indulgências, e a Santíssima Virgem tem mostrado muitas vezes quanto lhe é agradável essa devoção. A concessão de indulgências é uma forma de incentivar os fiéis a prestar um especial culto à Bem-aventurada e Sempre Virgem Maria. No Enchiridion Indulgentiarum, há a lista delas, entre as quais, 

“g) o Ofício Breve (também chamado Pequeno Ofício ou Ofício Parvo) de Nossa Senhora”.

Para se lucrar as indulgencias do Privilégio Sabatino do Escapulário Marrom de Nossa Senhora do Carmo, entre outras coisas, é necessário “rezar todos os dias o Ofício Parvo de Nossa Senhora do Carmo” (Catecismo de Nossa Senhora, n. 93).  


Giulia d'Amore

Fontes:

  1. Wikipédia.
  2. Novas Horas Marianas ou Officio Menor da SS. Virgem Maria Nossa Senhora.
  3. Frei Fernando.
  4. Domestica Ecclesia.
  5. Santo Afonso Maria de Ligório, Glórias de Maria, tradução do padre Geraldo Pires, CSSR, 17ª edição, Editora Santuário, Aparecida, SP; págs. 448-450.
  6. Pale Ideas

Para comprar o Ofício Parvo, recomendo este site: Livraria Santa Cruz. Para ler online: Novas Horas Marianas ou Officio Menor da SS. Virgem Maria Nossa Senhora.  

Para comprar o Escapulário: http://edicoescristorei.wixsite.com/editoramcr/escapularios






Informe aqui seu e-mail para receber as publicações do Thesaurus Precum: Delivered by FeedBurner

Comentários

Boa tarde cara Giulia d'Amore.

Belíssima postagem!

Fiquei bastante emocionado ao ler a Ladainha Peruana, não conhecia, e, de fato, é muito bonita.

Parabéns por este blog que nos enriquece a fé.

Por Maria a Jesus!
É muito bom saber que este humilde blog lhe é util e agradavel. Deus o guarde!

PRÉ-VENDA DO CALENDÁRIO 2018!!

PRÉ-VENDA DO CALENDÁRIO 2018!!
CLIQUE NA IMAGEM

Mãe do Salvador, rogai por nós!

Mãe do Salvador, rogai por nós!
Clique na imagem e reze o Terço

.


"Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém."

Postagens mais visitadas deste blog

Ladainha de Nossa Senhora ou de Loreto

LITANIÆ LAURETANÆ


Kyrie, eleison Christe, eleison Kyrie, eleison. Christe, audi nos. Christe, exaudi nos Pater de cælis, Deus, miserere nobis Fili, Redemptor mundi, Deus, miserere nobis Spiritus Sancte Deus, miserere nobis Sancta Trinitas, unus Deus, miserere nobis Sancta Maria, ora pro nobis Sancta Dei Genetrix, Sancta Virgo virginum, Mater Christi, Mater Ecclesiæ, Mater Divinæ gratiæ, Mater purissima, Mater castissima, Mater inviolata, Mater intemerata, Mater amabilis,. Mater admirabilis, Mater boni Consilii, Mater Creatoris, Mater Salvatoris, Virgo prudentissima, Virgo veneranda, Virgo prædicanda, Virgo potens, Virgo clemens, Virgo fidelis, Speculum iustitiæ, Sedes sapientiæ, Causa nostræ lætitiæ, Vas spirituale, Vas honorabile, Vas insigne devotionis, Rosa mystica, Turris Davidica, Turris eburnea, Domus aurea, Foederis arca, Ianua cæli, Stella matutina, Salus infirmorum, Refugium peccatorum, Consolatrix afflictorum, Auxilium Christianorum, Regina Angelorum, Regina Patriar…

Orações Jaculatórias

ORAÇÕES JACULATÓRIAS
Jaculatórias são orações ou invocações muito curtas, mas, o mais ardente possível, que dirigimos a Deus, isoladamente ou nas orações, no começo ou final dessas, ou no final de cada dezena do Rosário. A qualquer momento podemos dirigir a Deus alguma oração jaculatória, dizendo tudo o que nos pode inspirar a fé, a esperança, a caridade e a contrição.

Chama-se jaculatória porque parece um jato (jaculum, em latim quer dizer jato) que lançamos para Deus do fundo de nosso coração.

A matéria dessas pequenas orações a encontramos:
- na ordem das coisas da natureza, para admirar, louvar e agradecer o poder, a sabedoria e a bondade de Deus;
- na ordem da graça, para admirar, louvar e agradecer o que Deus fez na Encarnação de Nosso Senhor, o que faz na Eucaristia e os outros sacramentos; enfim
- na ordem da glória, para admirar, louvar, agradecer a Deus pela glória de Nosso Senhor, da Santíssima Virgem e dos santos.

O Catecismo (São Pio X, 977) nos ensina que “quando nos vemos…

Terço de São José para pedir emprego ou outra necessidade

Terço de São José para pedir emprego ou qualquer outra necessidade

(†) Pelo sinal da Santa Cruz, (†) livrai-nos Deus, Nosso Senhor, (†) dos nossos inimigos, (†) em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. 
O Credo - 1 Pai-Nosso - 3 Ave-Maria - 1 Glória ao Pai.
Meu Senhor Jesus Cristo, Deus e homem verdadeiro, pesa-me de todo o meu coração ter pecado, porque mereci o inferno e perdi o céu, e sobretudo, porque Vos ofendia Vós, que sois bondade infinita, a Quem amo sobre todas as coisas. Proponho, firmemente, com a vossa graça, emendar-me e afastar-me das ocasiões de pecado, confessar-me e cumprir a penitência. Confio que me perdoareis pela vossa infinita misericórdia. Amen.

Oferecimento: A vós, glorioso São José, ofereço este terço em louvor e glória de Jesus, Maria e José, para que seja minha luz, minha guarda, minha guia, proteção, defesa, amparo, fortaleza, alegria em todos os meus trabalhos, tribulações e agonia. Pelo nome de Jesus, pela glória de Maria, imploro …

Informação

Este blog tem a modesta pretensão de divulgar somente orações CATÓLICAS, conforme a Santa Tradição da Igreja. Pedimos a caridade de nos informar eventual erro de digitação e/ou tradução, ou link quebrado (vejam o formulário no menu lateral). Gratos.

.