Informação

Este blog tem a modesta pretensão de divulgar somente orações CATÓLICAS, conforme a Santa Tradição da Igreja. Pedimos a caridade de nos informar eventual erro de digitação e/ou tradução, ou link quebrado (vejam o formulário no menu lateral). Gratos.

Pedido

"Aproveitemos o tempo para santificação nossa e dos nossos parentes e amigos. Solicitam orações, que estaremos rezando juntos, em união de orações aos Sagrados Corações."

.


"Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém."

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Observâncias do Rosário

"O Rosário é mais valioso que os salmos, pois: Assim como a realidade é mais importante que a prefiguração, e o corpo mais importante do que a sombra, da mesma forma o Rosário é mais grandioso que o Saltério de Davi, que nada mais fez que prefigurá-lo." (São Luís Maria de G. de Montfort.)

Oração vocal e mental 

- O Rosário consiste em duas realidades: a oração mental e a vocal, sendo a primeira caracterizada pela meditação dos mistérios de vida, morte e glória de Nosso Senhor e de Sua Mãe Santíssima, e a segunda consiste em rezar as quinze dezenas de Ave-Marias precedidas pelo Pai-Nosso. Enfim, o Rosário torna-se uma mistura bendita de oração vocal e oração mental. 


Meditação dos mistérios 

- São Domingos fez essa divisão dos mistérios no Rosário. "O cristão que não medita sobre os mistérios do Rosário é muito ingrato a Nosso Senhor e mostra o quão pouco ele se preocupa por tudo que o Salvador Divino sofreu para salvar o Mundo." (São Luís de Maria G. de Montfort)

Os cristãos devem ter sempre em vista a vida de Nosso Senhor e de Nossa Senhora, e tê-las como exemplo, e para nos ajudar nessa tarefa, foi que ela ordenou a São Domingos que ensinasse ao fiel a meditar nos mistérios sagrados. “Devemos lutar, como se fosse num campo de batalha, para a aquisição de todas as virtudes que o Santo Rosário nos incita a imitar”. (São Tomás de Aquino) 

Cuidado com o orgulho no progresso espiritual “Se, pela graça de Deus, você já alcançou um alto nível de oração, mantenha a prática de rezar o Santo Rosário. Pois nunca ninguém que reza o Rosário diariamente se tornou um herege formal ou foi enganado pelo demônio. Esta é uma declaração que eu alegremente assino com meu sangue.” (São Luís de Maria G. de Montfort) 



Como rezar o Santo Rosário:

- estar em estado de graça, ou pelo menos com esse propósito. 

- Com atenção, evitar as distrações voluntárias. 

- Controlar a imaginação, para não ser dominado pelas distrações involuntárias. 

- Recusar as insinuações do demônio, que trabalha fortemente para que acreditemos que será inútil rezar o Rosário, pelo fato de ser orações repetitivas, colocando argumentos como: “Faça uma meditação de 30 minutos, é melhor...”; então jamais pare de rezar um Rosário, mesmo que você não tenha nenhuma devoção sensível. 


Defeitos ao se rezar o Rosário 

- Nunca pedir alguma graça.

- Querer chegar ao fim, o quanto antes. 

“É lamentável ver como a maioria das pessoas rezam o Santo Rosário, extremamente rápido e murmurando, fazendo com que as palavras não sejam pronunciadas claramente.” (São Luís de Maria G. de Montfort).


Segue método com pausas (locais com †) retiradas do próprio livro:

Pai Nosso, que estais no Céu, † santificado seja o Vosso nome, † venha a nós o Vosso Reino, † seja feita a Vossa vontade, † assim na Terra como no Céu. † O pão nosso de cada dia † nos dai hoje; † e perdoai as nossas dividas, † assim como nós perdoamos os nossos devedores; † e não nos deixeis cair em tentação, † mas livrai-nos do mal. Amém 

Ave Maria, cheia de graça, † o Senhor é convosco, † bendita sois vós entre as mulheres † e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, † rogai por nós pecadores, † agora e na hora de nossa morte. Amém

- rezá-lo sem reverência, é necessário tomar cuidado com nossa posição corporal, quando possível rezar ajoelhado, mas podendo também ser rezado no trabalho ou nos afazeres do lar, porque o trabalho das mãos não é de forma alguma obstáculo à oração vocal.


Reza em grupo

- Há várias formas de rezar o Santo Rosário, mas a que o diabo mais teme, é a de rezar ou cantá-lo publicamente em dois grupos.

- Normalmente nossas mentes ficam mais atentas quando estamos em grupos.

- A oração de cada um pertence a todos, e estas se juntam em uma oração ainda maior, sendo que na mesma reunião a oração do que está mais forte sustenta a do que está fraco.

- Se você reza com mais 30 pessoas, obtêm-se os méritos de 30 rosários.

“A oração pública é muito mais poderosa que a oração individual para apaziguar a ira de Deus e obter Sua Misericórdia”. (São Luís de Maria G. de Montfort)


Indulgências

- Os fiéis quando recitarem a terça parte do Rosário (terço) com devoção podem lucrar: Uma indulgência de 5 anos (Bula "Ea quae ex fidelium", Sixto IV).

- Se rezarem a terça parte do Rosário em companhia de outros, uma indulgência de 10 anos, uma vez ao dia.

- Aqueles que piamente recitarem a terça parte do Rosário na presença do Santíssimo Sacramento, uma indulgência plenária, sob condição de confissão e Comunhão.

- Os fiéis que durante o mês de Outubro recitarem no mínimo a terça parte do Rosário, publica ou privadamente, podem lucrar: uma indulgência de 7 anos por dia. 

- Uma indulgência de 500 dias pode ser lucrada uma vez ao dia pelos fiéis que, beijando o Santo Rosário que carregam consigo ao mesmo tempo recitarem a primeira parte da Ave Maria até “Jesus”. (Sagrada Congregação da Penitenciária Apostólica. 30 de março de 1953).


(Extraídas do livro: O Segredo do Rosário - São Luís Maria Grignion de Montfort) 

+
Informe aqui seu e-mail para receber as publicações do Thesaurus Precum: Delivered by FeedBurner

2 comentários:

TADEU Sander disse...

Tenho recebido os posts do "Thesauro Precum" com frequência, e todos são esclarecedores quanto à suma importância de se rezar BEM o Santo Rosário. Como devoto desta Oração à SSma. Virgem, tenho aperfeiçoado, com as observações que vocês nos brindam, diariamente, a reza dessa Santa Devoção. Tenham certeza de que, nas minhas intenções, vocês são lembrados pelo excelente trabalho dedicado à SSma. Virgem Maria. Antigamente, eu rezava, os mistérios luminosos, instituídos pelo Papa João Paulo II, mas, lendo os posts, cheguei à constatação de que os 15 mistérios instituídos por Maria SSma. não devem ser deturpados. Outro ponto para esse blog que nos esclarece mais e mais quanto a essa mudança injustificada dos Santos Mistérios. Paz de JESUS e MARIA Ssma.!!

Católica Apostólica Romana disse...

Prezado sr. Tadeu, agradeço as palavras gentis, nosso apostolado é pelo bem das almas e a glória de Deus, e é bom ser útil a alguém. Apenas um esclarecimento sobre os mistérios luminosos: como devoção, em si, não contém nada de errado, e, desejando-o, podem ser rezados em algum momento que se queira, mas não no Rosário. Soube de um padre que criou um outro ciclo de mistérios, não lembro o nome agora, focando em outros aspectos da vida de NSJC. É válido, se não contrariar a doutrina, mas não no Rosário. O problema nessa mudança, nesse acréscimo, é a intenção pela qual foi feito. Os modernistas têm uma fé externa exacerbada, teatral, sem profundida alguma. E multiplicar as orações, dessa forma, não acrescenta piedade, mas a dilui; no final, se acaba por perder a fé por completo. Um padre me disse, certa vez, que devemos ter cuidado com as "novidades", com novas orações. A Igreja tem um tesouro de devoções fabuloso, não precisa multiplicar palavras.

Postar um comentário

Este blog é eminentemente de caráter religioso e comentários que ofendam os princípios da fé católica não serão admitidos. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se garantem o direito de censurar.

.