Marcadores

Pedido

"Aproveitemos o tempo para santificação nossa e dos nossos parentes e amigos. Solicitam orações, que estaremos rezando juntos, em união de orações aos Sagrados Corações."

Novidades!

A DEVOÇÃO DAS DOZE SEGUNDAS-FEIRAS DO MENINO JESUS

http://imagessaintes.canalblog.com/archives/2010/05/29/12028513.html

A DEVOÇÃO DAS DOZE SEGUNDAS-FEIRAS DO MENINO JESUS



“Doze Segundas-feiras do Menino Jesus” é uma devoção que consiste em homenagear o Santo Menino Jesus durante uma série de doze semanas, em memória dos doze anos de sua Infância.


ORIGEM

A Segunda-feira é consagrada ao Menino Jesus: era a prática da Beata Ana de São Bartolomeu, companheira de Santa Teresa de Ávila: “Toda segunda-feira eu honro os santos Mistérios da Encarnação, do Nascimento e da Divina Infância do meu Salvador; eu também o acompanho em espírito na fuga para o Egito; finalmente, eu Lhe peço para aliviar as almas do Purgatório que anseiam pela Pátria Celestial”. Não nos esqueçamos das palavras do Menino Jesus à Venerável Margarida do Santíssimo Sacramento: “Recorra ao meu Coração, e, toda vez que você quiser obter uma graça, jamais deixe de pedi-la pelos Meus méritos de minha Santa Infância, porque eu não te la recusarei”. “Quanto mais vós Me honrais, mais eu vos favorecerei”, disse o Menino Jesus ao Venerável Cirilo da Mãe de Deus, religioso carmelita.







ORAÇÃO



Prece para fazer todas as segundas, assim como em todos os dias da Novena preparatória do dia 25 [Novena do Menino Jesus ou do Advento, preparatória para o Natal; NdTª]. (Para a novena, um ano de indulgência a cada dia. A partir do dia 16/12).


Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo (fazer o sinal da cruz)

1. Eterno Padre, eu vos ofereço para vossa honra e glória e para minha salvação, o mistério do nascimento do nosso divino Redentor.

V. Gloria Patri, et Filio et Spiritui Sancto.
R. Sicut erat in principio, et nunc, et semper et in saecula saeculórum. Amen. Alleluia.

2. Eterno Padre, eu vos ofereço para vossa honra e glória e para minha salvação, os sofrimentos da Santíssima Virgem e de S. José na longa e penosa jornada de Nazaré a Belém, e a angústia de seus corações por não acharem onde hospedar-se, quando se aproximara o nascimento do Redentor do mundo.

Gloria Patri, etc.

3. Eterno Padre, eu vos ofereço para vossa honra e glória e para minha salvação, o presépio em que Jesus Cristo nasceu, as palhinhas que lhe serviram de berço, o frio que sofreu, as mantilhas em que foi envolvido, as lágrimas que derramou e os seus ternos gemidos.

Gloria Patri, etc.

4. Eterno Padre, eu vos ofereço para vossa honra e glória e para minha salvação, a dor que padeceu o divino Infante Jesus em seu delicado corpinho, quando se sujeitou à faca cruel da circuncisão e o precioso sangue que ele pela primeira vez derramou para salvação do gênero humano.

Gloria Patri, etc.

5. Eterno Padre, eu vos ofereço para vossa honra e glória e para minha salvação, a humildade, mortificação, paciência, caridade e todas as virtudes de Jesus Menino, e vos agradeço, amo e bendigo constantemente por este inefável mistério da Incarnação do Verbo divino.

Gloria Patri, etc.

V. O Verbo se fez carne.
R. E habitou entre nós.

Oremos
Ó Deus, cujo Filho Unigênito veio a este mundo na substância de nossa carne, fazei, nós Vos pedimos, que O havendo reconhecido exteriormente semelhante a nós, mereçamos ser reformados internamente por Ele, que vive e reina conVosco pelos séculos dos séculos. Assim seja.




TERÇO DO MENINO JESUS


ORIGEM

Devemos a devoção do terço do Menino Jesus à Venerável Margarida do Santíssimo Sacramento, carmelita em Beaune (França), que se tornou famosa por uma grande devoção ao Menino Jesus, e por seu zelo em propaga-la. Inspirada pelo Senhor, ela fez um terço composto de três Pater para honrar a Sagrada Família e de doze Ave Marias em honra dos primeiros 12 anos do Menino-Deus. Jesus lhe expressou como esta prática era agradável ao seu Coração e Ele lhe mostrou, em uma revelação, aqueles pequenos grânulos (contas do terço) brilhantes de uma luz sobrenatural. Ele prometeu à Venerável que aqueles que o carregassem e o recitassem fervorosamente conservariam a pureza e a inocência. “Recitar este terço sobretudo no dia 25 de cada mês porque este dia é precioso pelas grandes graças que o Divino Infante se dignou distribuir” (Venerável Margarida do Santíssimo Sacramento). Ela também disse: “Porte e recite o terço do Menino Jesus como um memorial da grandeza e da inocência de Jesus na manjedoura, e como um vínculo que nos une a Ele”. Este rosário foi aprovado pelo Beato Pio IX.


REZAR O TERÇO

Beije a medalha dizendo: “Santo Menino Jesus, abençoe-nos!” (50 dias de indulgência, Pio X, 1909). Em seguida, recite o Pater em cada uma das três grandes contas, e a Ave Maria em cada uma das pequenas contas fazendo preceder cada Pater e cada Ave destas palavras: “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós
.


Pode-se anunciar os mistérios antes de cada Ave-Maria.

1. A Anunciação
2. A visitação.
3. O Nascimento.
4. A Adoração dos Pastores.
5. A Circuncisão.
6. A Adoração dos Reis Magos.
7. A Apresentação no Templo.
8. A Fuga para o Egito.
9. A Estada no Egito.
10. O Retorno do Egito.
11. A vida escondida em Nazaré.
12. Jesus entre os doutores. 


 

CONTINUA com as meditações das doze segundas-feiras. Estamos traduzindo, e isso exige tempo e paciência. Isto não impede que se reze como esta


Fonte: http://imagessaintes.canalblog.com/archives/2010/05/29/12028513.html (em francês).

Tradução livre de Giulia d'Amore. Se encontrar algum erro de tradução, por gentileza, avise: paleideas@yahoo.com. 
Vida da Venerável Margarida do Santíssimo Sacramento: http://irmascarmelitas.com.br/index.php?pag=detalhe&codconteudo=976&codmenu=285 (em português).

+
Informe aqui seu e-mail para receber as publicações do Thesaurus Precum: Delivered by FeedBurner

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ladainha de Nossa Senhora ou de Loreto

Orações Jaculatórias

Os benefícios de rezar pelas Almas do Purgatório

Mãe do Salvador, rogai por nós!

Mãe do Salvador, rogai por nós!
Clique e reze o Terço

Vale a pena ler

Vale a pena ver...