.



"Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém."

Pesquisar neste blog

sábado, 23 de outubro de 2021

Oração para enviar o Anjo da Guarda para visitar o Santíssimo Sacramento

SOBRE VISITAR NOSSO SENHOR EM UMA IGREJA EM TEMPOS DE PANDEMIA E DE CRISE DA IGREJA

Quando não é possível ir até uma igreja, por qualquer motivo válido, inclusive a pandemia, ou quando não se tem certeza de que haja uma igreja por perto ou na cidade em que Nosso Senhor esteja, de fato, no Tabernáculo, tendo em vista o desastre pós-conciliar, um vez que a partir de 1972 houve mudanças nos Sacramentos e dificilmente podemos ter certeza que um padre modernista tenha sido validamente ordenado, ou, ainda que o seja, não tendo certeza de que a Transubstanciação se deu por outra falha relacionada às mudanças nos Sacramentos (forma, matéria...), podemos nos valer de um recurso que costumamos utilizar em relação às Missas. Lembram daquela oração com a qual enviamos nosso Anjo da Guarda para assistir à Missa e trazer uma gota do Precioso Sangue de NSJC para nós? Então, podemos fazer o mesmo em relação às visitações para fazer companhia a Nosso Senhor na solidão do Tabernáculo, onde Ele se escondeu por amor a nós e onde quer ser encontrado e visitado. O Amor morreu por nós, e nós não O visitamos? Não pode! 

Quando se reza em grupo, mudar de "eu" para "nós".  


Oração para enviar o Anjo da Guarda para visitarmos Nosso Senhor na Eucaristia 




Senhor Jesus, eu envio meu Santo Anjo da Guarda para Vos procurar em qualquer igreja deste mundo em que estejais sozinho no Tabernáculo aguardando a minha visita. Como eu não posso ir neste momento e porque quero muito Vos visitar e Vos fazer companhia, envio agora o meu Anjo da Guarda para Vos encontrar, enquanto eu, durante [dizer quanto tempo vai durar a visita] minutos, estarei aqui, em meu lar, em silêncio, meditando sobre o vosso amor por mim e sobre o vosso sacrifício, pois somente um amor incomensurável seria capaz de uma oblação tão grande. O Amor morreu sozinho na Cruz e sozinho está nos Tabernáculos onde quis morar por amor nosso. Quero Vos fazer companhia para Vos consolar um pouquinho e Vos mostrar o meu amor e a minha gratidão. Nada Vos peço hoje, apenas quero estar conVosco nestes poucos minutos. Pretendo visitar-Vos todos os dias [ou toda semana (dizer o dia da semana)], meu amado Jesus, ainda que seja por poucos minutos. Aceitai, Vos suplico, minha companhia e meu amor pequenino. Amém. 

Virgem Santíssima, Mãe do meu Senhor e Salvador, Corredentora do Gênero Humano, Medianeira de todas as graças, ajudai-me a fazer companhia a Vosso amantíssimo Filho. Amém.  


Placet: Rev. Pe. Ernesto Cardozo 26/05/2021


sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Bater no peito ao rezar....

BATER NO PEITO


Há orações que nos pedem que batamos no peito em sinal de arrependimento ou penitência. Por exemplo, na Missa, no Confiteor, batemos três vezes no peito, dizendo: “mea culpa, mea culpa, mea máxima culpa”; ainda na Missa, no Agnus Dei, ao responder: “miserére nobis” e antes da Comunhão, quando dizemos: “Domine non sum dignus...”. Batemos no peito ainda quando, depois da Missa, na prece “Cor Sacratissimus”, dizemos mais uma vez: “Miserére nobis”. Mas não somente na Missa, também o fazemos quando rezamos as Ladainhas, que também têm uma parte em que dizemos: “Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo...”, e, ao respondermos, “Perdoai-nos, Senhor”, “Ouvi-nos, Senhor” e “Tende piedade de nós”. 

Às vezes, se tem a dúvida sobre como bater no peito, qual a intensidade da batida e se deve necessariamente se fazer algum barulho, gestos largos... 

A resposta é simples, basta observar o Sacerdote no altar. Ele é silencioso, não se ouve batida alguma. De fato, não há necessidade de gestos exagerados – como já vi alhures – porque rezar é um diálogo com Deus: o que deve haver é sinceridade e contrição. O que Deus quer é um coração contrito (Salmo 51,19; Daniel 3,39; Isaías 57,15 e 66,2; etc.). Batidas firmes, mas não barulhentas. Não é hora para teatralidades. 

Giulia d'Amore

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Oração breve a Santa Filomena

clique para ver mais imagens

Oração breve a Santa Filomena


Gloriosa Virgem e Mártir Santa Filomena, que do céu, onde reinais, vos comprazeis em fazer cair sobre a terra benefícios sem conta, de todo o coração bendigo ao Senhor pelas graças que vos concedeu durante a vida e sobretudo na hora da vossa morte.

Louvo-O e bendigo-O também pela honra do poder de que Ele hoje vos coroa e, neste instante humildemente imploro que me obtenhais de Deus as graças (pedido) que lhe peço neste momento por vossa poderosa intercessão. Assim seja.

segunda-feira, 12 de julho de 2021

Fórmula repetitiva das preces católicas. Um bem.



Fórmula repetitiva das preces católicas. Um bem. 


Acerca da crítica protestante às preces católicas, seja o Terço e as Ladainhas, seja qualquer outra fórmula de oração, como a Ave Maria, o Glória etc., dizendo-as repetitivas, como se isso fosse necessariamente ruim, encontrei esta boa resposta católica:

“A objeção que se move, geralmente, às Ladainhas Lauretanas é a mesma que se opõe à reza do Santo Rosário. Diz-se que a repetição das mesmas fórmulas é monótona e torna entediante a oração. Respondemos com Irmã Lúcia de Fátima que a repetição dos mesmos atos é um dos caracteres distintivos da vida. O que Irmã Lúcia dizia a propósito do Santo Rosário, o podemos dizer também nós sobre as Ladainhas Lauretanas: 

‘Deus criou tudo o que existe de modo que se conserve graças à repetição contínua e ininterrupta dos mesmos atos (...), e a ninguém ainda ocorreu que isso seja monótono (...). Pois bem, na vida espiritual temos a necessidade de repetir continuamente as mesmas preces, os mesmos atos de fé, de esperança e de caridade para ter a vida, visto que a nossa vida é uma participação contínua na vida de Deus’ (...)”.

Irmã LÚCIA, “Gli Appelli del messaggio di Fatima” (Os Apelos da mensagem de Fátima), Cidade do Vaticano 2001, pp. 273-274.

quarta-feira, 3 de março de 2021

Oração para todos os dias de março


Oração para todos os dias de março

De Santo Agostinho


Ó Redentor da minha alma, eis aos pés da vossa Cruz um miserável pecador, para Vos suplicar uma gota do vosso Sangue para lavar os seus pecados. 

Eu me reconheço culpado da vossa morte, e confesso de Vos haver pregado nesta Cruz com os meus pecados; e, ainda assim, eu, ouvindo que pedis ao Pai piedade pelos crucificadores, ouso invocar a vossa misericórdia.
 
Transpassai, com um prego de vossas mãos, este duríssimo coração. Espalhai sobre esta alma uma gota do vosso Sangue. Remirai, com vossos olhos ardentes de amor, este monstro de ingratidão.
 
Eu, derrotado pela vossa caridade, quero Vos amar acima de todo bem, e abominar, sobre todo mal, o pecado, como causa da vossa morte. Ajudai-me a fazer isto.  

Quero morrer antes de voltar a Vos ofender. Amém. 

Pedido

"Aproveitemos o tempo para santificação nossa e dos nossos parentes e amigos. Solicitem orações, que estaremos rezando juntos, em união de orações aos Sagrados Corações."