.



"Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém."

Pesquisar neste blog

LEITOR - JUNTE-SE A NÓS!!!

Receba atualizações via e-mail

sábado, 8 de fevereiro de 2020

Novena a Nossa Senhora do Desterro


Novena a Nossa Senhora do Desterro

Novena: de 8 a 16 de fevereiro

Festa: 17 de fevereiro

Nossa Senhora do Desterro, olhai para nós, Vossos filhos, apreensivos e inseguros, neste vale de lágrimas, a caminho da Pátria definitiva.

Depois deste desterro, ó Mãe carinhosa, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do Vosso ventre, ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.

Nossa Senhora do Desterro, acompanhai-nos na travessia do deserto da vida, até alcançarmos o Oásis eterno, o Céu. Amém.


Salve Rainha...
Glória ao Pai... 

domingo, 19 de janeiro de 2020

Devoções a Nossa Senhora da Defesa


Devoções a Nossa Senhora da Defesa


Apresentamos quatro devoções a Nossa Senhora da Defesa, cuja festa é dia 19 de janeiro (aqui): a ORAÇÃO (que pode ser rezada durante nove dias como novena seguida da Ladainha e da Consagração), a NOVENA,  LADAINHA e a CONSAGRAÇÃO, que podem ser rezadas juntas ou separadamente.    


Oração a Nossa Senhora da Defesa 

 

Pode ser rezada durante nove dias (de 10 a 18 de janeiro), como Novena, acrescentando a Ladainha e a Consagração 


Oh! Nossa Senhora da Defesa, Virgem poderosa, recorro à Vossa proteção contra todos os assaltos do inimigo, pois Vós sois o terror das forças malignas.  

Eu seguro no Vosso manto santo e me refugio debaixo dele para estar guardado, seguro e protegido de todo mal.  

Mãe Santíssima, Refúgio dos pecadores, Vós recebestes de Deus o poder para esmagar a cabeça da serpente infernal e com a espada levantada afugentar os demônios que querem acorrentar os filhos de Deus.  

Curvado sobre o peso dos meus pecados, venho pedir a Vossa proteção hoje e em cada dia da minha vida, para que, vivendo na luz do Vosso Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, eu possa, depois desta caminhada terrena, entrar na Pátria Celeste. Amém!  



Novena a Nossa Senhora da Defesa 


— Meu Deus, vinde em meu auxílio, 
— Senhor, apressai-vos em me socorrer. 

Vinde, Santo Espírito, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo de vosso amor. 
— Enviai o vosso Espírito e tudo será criado. 
— E renovareis a face da terra.

Oremos: Ó Deus, que iluminastes os corações dos vossos fiéis com as luzes do Espírito Santo, fazei que por este mesmo Espírito saibamos praticar o bem e gozemos sempre de sua consolação. Por Jesus Cristo Nosso Senhor.  
— Amém.

1° Dia - Defesa contra assaltos e sequestros

Ó Santíssima Virgem Maria, que aparecestes de maneira milagrosa com a espada na mão, para defender os moradores de Ampezzano, nós vos suplicamos que venhais com vossa espada nos defender dos assaltantes e sequestradores, por todos os caminhos por onde nós andamos e dai-nos a graça de vivermos a palavra de Deus. Amém. 

Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai... Salve Rainha...  

Oração de N.S. da Defesa  (todos os dias)

Óh! Nossa Senhora da Defesa, virgem poderosa, recorro a Vossa proteção contra todos os assaltos do inimigo, pois Vós sois o terror das forças malignas. Eu seguro no Vosso manto santo e me refugio debaixo dele para estar guardado, seguro e protegido de todo mal. Mãe Santíssima, Refúgio dos pecadores, Vós recebestes de Deus o poder para esmagar a cabeça da serpente infernal e com a espada levantada afugentar os demônios que querem acorrentar os filhos de Deus. Curvado sobre o peso dos meus pecados, venho pedir a Vossa proteção hoje e em cada dia da minha vida, para, que vivendo na luz do Vosso Divino Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo eu possa depois desta caminhada terrena, entrar na pátria celeste. Amém!


2° Dia - Defesa contra a violência

Virgem Poderosa, nossa Mãe Celeste, nós Vos pedimos, defendei-nos contra todo tipo de violência que possa nos atingir, à nossa casa, à nossa família, e dai-nos a graça de vivermos em caridade. Amém. 

Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai... Salve Rainha... Oração de N.S. da Defesa


3° Dia - Defesa contra as drogas e o aborto 

Ó Nossa Senhora da Defesa, Vós sois a defensora da juventude. Por isso, nós Vos pedimos que defendais nossos jovens contra o terror das drogas que estão destruindo lares, famílias e vidas, que são preciosas para a construção de um mundo melhor; também Vos pedimos que defendais a vida no ventre materno, inocente e indefesa, fomentando o amor dos pais ou as adoções, e dai-nos a graça de vivermos na esperança. Amém.

Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai... Salve Rainha... Oração de N.S. da Defesa


4° Dia - Defesa contra o desemprego, fome e miséria

Nossa Senhora, Mãe dos aflitos, socorrei-nos e defendei-nos contra o desemprego, contra a fome e a miséria nestes tempos tão difíceis e dai-nos a graça de vivermos cada dia na força do amor e do perdão. Amém.

Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai... Salve Rainha... Oração de N.S. da Defesa


5° Dia - Defesa contra a incredulidade, indiferença e infidelidade

Nossa Senhora, refúgio dos pecadores, muitas vezes nos deixamos levar pela dúvida e nos enveredamos por caminhos que nos trazem sofrimentos e desilusões. A Vós recorremos para pedir a Vossa defesa contra toda incredulidade, indiferença e infidelidade que vier de encontro a nós e dai-nos a graça de perseverarmos nesta igreja Católica Apostólica Romana onde nascemos e cuja fé queremos sempre professar. Amém.

Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai... Salve Rainha... Oração de N.S. da Defesa


6° Dia - Defesa contra as enfermidades do corpo, da mente e do espírito

Nossa Senhora da Defesa, saúde dos enfermos, nós nos colocamos aos Vossos pés para pedir Vossa defesa contra todos os males do corpo, males da mente e males do espírito. Pedimos a graça de vivermos confiantes na ação de Deus em nossas vidas. Amém.

Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai... Salve Rainha... Oração de N.S. da Defesa


7° Dia - Defesa contra o trio maléfico

Ó Nossa Senhora da Defesa, Mãe de Deus e nossa Mãe, quantas vezes neste caminhar da vida terrena, nos sentimos atribulados por tantos problemas que chegam até nós por causa de forças negativas e malignas. Suplicamos vossa defesa contra toda inveja, vaidade e ódio que vier de encontro a nós, nossa casa, nosso trabalho e nossa família. Dai-nos a graça da fidelidade a Deus. Amém.

Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai... Salve Rainha... Oração de N.S. da Defesa


8° Dia - Defesa contra as catástrofes 

Virgem Poderosa, nós nos colocamos na Vossa presença para implorar Vossa defesa contra as catástrofes que possam se abater sobre nós. Contamos com Vossa defesa e proteção para nós, nossa cidade, nosso País, para o mundo inteiro, e dai-nos a graça de aceitarmos a vontade de Deus em todas as situações. Amém.

Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai... Salve Rainha... Oração de N.S. da Defesa


9° Dia - Defesa contra as guerras

Nossa Senhora da Defesa, Rainha da Paz, humildemente vimos hoje clamar Vosso auxilio para que venhais em nossa defesa contra a guerra e destruição que ameaça a Humanidade e pedimos a graça de vivermos na união e na paz. Amém.

Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai... Salve Rainha... Oração de N.S. da Defesa. 




 

Ladainha a Nossa Senhora da Defesa 


Nossa Senhora da Defesa, vós que sois o terror das forças malignas, 

- Da inveja, vaidade e ódio, defendei-nos.
- Do orgulho, soberba, vanglória e atrevimento, defendei-nos.
- Da arrogância, presunção, cinismo e autossuficiência, defendei-nos.
- Da hipocrisia, fingimento e deboche, defendei-nos.
- Do egoísmo e ganância, defendei-nos.
- Do preconceito, julgamento e discriminação, defendei-nos.
- Da preguiça, acomodação, má vontade e omissão, defendei-nos.
- Da derrota fracasso e desânimo, defendei-nos. 
- Da depressão, aflição e desespero, defendei-nos.
- Da prostração, alienação e indolência, defendei-nos.
- Da autopiedade, da auto-rejeição e da auto-condenação, defendei-nos.
- Dos complexos, da carência afetiva e emocional, defendei-nos.
- Dos problemas de ordem sexual, defendei-nos.
- Da superproteção e dependência emocional, defendei-nos.
- Da adulação e idolatria a coisas e pessoas, defendei-nos.
- Da dominação, ciúmes, posse, opressão e perseguição, defendei-nos.
- Da murmuração e impaciência, defendei-nos.
- Da rejeição, desprezo e abandono, defendei-nos. 
- Do isolamento e timidez, defendei-nos.
- Da solidão, melancolia e angústia, defendei-nos.
- Do suicídio, desejo de morrer e confusão mental, defendei-nos.
- Da culpa e falta de perdão, defendei-nos.
- Da acusação, da quebra de segredo e da avareza, defendei-nos.
- Da mentira, calúnia e falso testemunho, defendei-nos.
- Da condenação, crueldade e fofoca, defendei-nos.
- Da incoerência e escândalo, defendei-nos.
- Da ingratidão, falsidade e cilada, defendei-nos.
- Dos assaltos, sequestros, vandalismo, tráfico e drogas, defendei-nos.
- Das catástrofes, calamidades e pestes, defendei-nos.
- Da miséria, fome, dívidas e desemprego, defendei-nos.
- Do medo, insegurança e maus pensamentos, defendei-nos.
- Da preocupação exagerada, insônia e tensão nervosa, defendei-nos.
- Do pânico, pavor e susto, defendei-nos.
- Do exagero e descontrole, defendei-nos.
- Da ansiedade e inquietação, defendei-nos.
- Dos males físicos, psíquicos e espirituais, defendei-nos.
- Das maldições de antepassados e malefícios, defendei-nos.
- Das manias, taras e vícios, defendei-nos.
- Da malícia, impureza e imoralidade, defendei-nos.
- Da sedução, orgia e fornicação, defendei-nos.
- Do adultério, prostituição e promiscuidade, defendei-nos.
- Da compulsividade para ter, ser, poder, e prazer, defendei-nos.
- Da compulsividade no jogo e dependência química, defendei-nos.
- Da falsa oração, do ocultismo, dos objetos contaminados e superstição,defendei-nos.
- Da injustiça, revolta e frustração, defendei-nos.
- Da destruição e desejo da vingança, defendei-nos.
- Do assassinato e desejo da morte de alguém, defendei-nos.
- Da revolta contra Deus, defendei-nos.
- Da descrença, dúvida e falta de fé, defendei-nos.
- Da incredulidade, da infidelidade e indiferença, defendei-nos.
- Da desobediência, zombaria e gozação, defendei-nos.
- Dos sacrilégios e blasfêmias, defendei-nos.
- Da falta de respeito com as coisas de Deus, defendei-nos.

- Da não aceitação de Jesus Cristo como nosso único “Senhor e Salvador”, defendei-nos.  

Oremos. Concedei a Vossos servos, nós Vo-lo pedimos, Senhor Deus, que possamos sempre gozar da saúde da alma e do corpo e, pela gloriosa intercessão da bem-aventurada Virgem Maria, Nossa Senhora da Defesa, sejamos livres da tristeza e alcancemos a eterna alegria. Por Cristo Nosso Senhor. Amém.   



 

Consagração a N. Sra. da Defesa


Ó Santíssima Virgem Maria, venho neste dia, me consagrar ao vosso Imaculado Coração. Consagro minha mente, meu coração, meus órgãos do sentido, minhas vontades, minhas emoções e todo o meu ser. Peço que estendais o vosso manto sobre minha casa e minha família. Dai-nos a vossa proteção, livrando-nos das ciladas do inimigo. Nossa Senhora da Defesa, colocai-nos nos vossos braços de mãe e defendei-nos. Amém. 



Sempre que possível, fazei a caridade de rezar por este nosso apostolado católico. Agradecemos com nossas orações recíprocas.  

Informe aqui seu e-mail para receber as publicações do Thesaurus Precum: Delivered by FeedBurner

segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

Stabat Mater Speciósa

Stabat Mater ("Estava a Mãe", em latim) é uma sequentia católica do século XIII, atribuída ao franciscano Jacopone da Todi (c. 1230-1306); ou ao Papa Inocêncio IIIDois hinos do mesmo autor levam este título: o mais conhecido é o Stabat Mater Dolorosa, que narra as dores de Maria diante da morte do amado Filho. O outro é o Stabat Mater Speciósa, que narra as alegrias da Virgem Maria com o Nascimento de Jesus. A expressão Stabat Mater é mais utilizada para o primeiro caso

O Stabat Mater Dolorosa pode ser lido aqui. Neste post, trataremos do 


Stabat Mater Speciósa




O hino mais alegre, Stabat Mater Speciósa, ou Stabat do Berço, apareceu pela primeira vez em 1495, em uma edição dos poemas de Jacopone da Todi(*) que continha os dois hinos. A sequência Speciósa permaneceu esquecida até reaparecer em 1852, transcrita por Antoine Frédéric Ozanam(**) (cf. "Poètes Franciscains en Italie au Treizième siècle", Paris, 1859, vol. 5, pp. 169-170) de um manuscrito da Biblioteca Nacional de Paris (n. 7.785, fl. 109 v.), sendo, desde então, tida como um dos mais doces hinos em honra à Virgem Maria, e um dos sete grandes hinos latinos. Deu origem a várias canções natalinas.   



Stabat Mater speciosa
Iuxta faenum gaudiosa,
Dum iacebat parvulus.

Cuius animam gaudentem
Laetabundam et ferventem
Pertransivit iubilus.

O quam laeta et beata
Fuit illa immaculata,
Mater Unigeniti!

Quae gaudebat et ridebat,
Exultabat, cum videbat
Nati partum inclyti.

Quisquam est, qui non gauderet,
Christi matrem si videret
In tanto solatio?

Quis non posset collaetari,
Christi Matrem contemplari
Ludentem cum Filio?

Pro peccatis suae gentis
Christum vidit cum iumentis
Et algori subditum.

Vidit suum dulcem Natum
Vagientem, adoratum,
Vili deversorio.

Nato, Christo in praesepe
Caeli cives canunt laete
Cum immenso gaudio.

Stabat, senex cum puella
Non cum verbo nec loquela
Stupescentes cordibus.

Eia, Mater, fons amoris
Me sentire vim ardoris
Fac, ut tecum sentiam.

Fac, ut ardeat cor meum
In amatum Christum Deum
Ut sibi complaceam.

Sancta Mater, istud agas,
Prone introducas plagas
Cordi fixas valide.

Tui Nati caelo lapsi,
Iam dignati faeno nasci,
Poenas mecum divide.

Fac me vere congaudere,
Iesulino cohaerere,
Donec ego vixero.

In me sistat ardor tui, 
Puerino fac me frui 
Dum sum in exilio. 

Hunc adorem fac communem,
Ne me facies immunem,
Ab hoc desiderio.

Virgo virginum praeclara,
Mihi iam non sis amara,
Fac me parvum rapere.

Fac, ut portem pulchrum fortem,
Qui nascendo vicit mortem,
Volens vitam tradere.

Fac me tecum satiari,
Nato me inebriari,
Stantem in tripudio.

Inflammatus et accensus,
Obstupescit omnis sensus
Tali me commercio.

Fac, me Nato custodiri,
Verbo Dei praemuniri
Conservari gratia.

Quando corpus morietur,
Fac, ut animae donetur
Tui nati gloria. Amen.


Do manuscrito da Biblioteca Nacional de Paris, constam mais duas estrofes: 


Omnes stabulum amantes
Et pastores vigilantes
Pernoctantes sociant.

Per virtutem nati tui
Ora ut electi sui
Ad patriam veniant. Amen.  


quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Uma nova piedosa tradição para o Natal!


Uma nova piedosa tradição para o Natal! 


Ninguém ama o que não conhece. Como amar, então, a Nosso Senhor Jesus Cristo se não O conhecemos? Este ano, as Missões Cristo Rei lançam uma nova tradição para o Natal: a leitura diária do Evangelho de São Lucas a partir de 1º de Dezembro

Um capítulo por dia, até a véspera do Natal, se podem ler os 24 capítulos do Evangelho de São Lucas, com um relato completo da vida de Nosso Senhor Jesus Cristo. Desta feita, no dia de Natal se saberá Quem e por que celebramos o dia 25 de dezembro. 

É uma atividade para se fazer especialmente com as crianças. Mas é uma ótima atividade para os adultos também...

E, assim, a partir do dia 1º de dezembro de 2019, publicaremos, dia a dia, os 24 capítulos, tirados do Novo Testamento do Padre Matos Soares, da Editora Missões Cristo Rei, o único que é cópia fiel da tradução original que o Reverendo Padre fez da Vulgata

Um verdadeiramente Feliz Natal a todos! 

Giulia d'Amore 




terça-feira, 12 de novembro de 2019

Novena a Nossa Senhora dos Impossíveis

Novena à Nossa Senhora dos Impossíveis


Novena, de 12 a 20 de novembro, ou a qualquer tempo

Festa: 21 de novembro - Santuário de Patú, RN


Ó Santa Mãe de Deus e também nossa Mãe, nós Vos veneramos com o sugestivo título de Nossa Senhora dos Impossíveis, porque sois Mãe de Deus – Virgem e Mãe – Imaculada Conceição; privilégios estes que não foram concedidos a nenhuma outra criatura mas somente a Vós.

Ó Virgem Bendita e bondosa Mãe de Deus e nossa Mãe, humildemente Vos pedimos: socorrei os que passam fome e vivem na miséria, curai os doentes de corpo e de espírito, fortalecei os fracos, consolai os aflitos, pedi pelas vocações sacerdotais e religiosas e transformai as famílias em santuários vivos de fé e caridade, no seio da Igreja. Pedi pelo Papa, pelos Bispos e por todas as autoridades civis, militares e eclesiásticas, para que governem com justiça e amor.

E, agora, ó Senhora dos Impossíveis, olhai para nós que fazemos esta novena e alcançai-nos de Jesus, Vosso divino Filho, as graças que agora suplicamos (fazer o pedido), se for para a glória de Deus e o bem das almas. 

Maria, Mãe de Deus, rogai por nós.

Maria, Virgem e Mãe, rogai por nós.

Maria, concebida sem pecado, rogai por nós.


Maria, Nossa Senhora dos Impossíveis, rogai por nós.

Pedido

"Aproveitemos o tempo para santificação nossa e dos nossos parentes e amigos. Solicitem orações, que estaremos rezando juntos, em união de orações aos Sagrados Corações."