Pular para o conteúdo principal

Loja da Editora Missões Cristo Rei, clique e confira!

Pedido

"Aproveitemos o tempo para santificação nossa e dos nossos parentes e amigos. Solicitam orações, que estaremos rezando juntos, em união de orações aos Sagrados Corações."

Oração do Triságio ou Trisagium

O TRISÁGIO




OFERECIMENTO

Para ganhar as indulgências, os que rezarem o Triságio.

Rogamos-te, Senhor, pelo estado da Santa Igreja e Prelados dela; pela exaltação da Fé Católica, extirpação das heresias, paz e concórdia entre os príncipes cristãos, conversão de todos os infiéis, hereges e pecadores; pelos agonizantes e peregrinos, pelas benditas almas do Purgatório e mais piedosos fins de nossa Santa Madre Igreja. Amém.




TRISAGIUM


Benedicta sit * sancta Creatrix et Gubernatrix omnium, sancta et individua Trinitas, nunc, semper, et per infinita saecula saeculorum.

V. Domine, labia mea aperies.
R. Et os meum annuntiabit laudem tuam.
V. Deus in adiutorium meum intende.
R. Domine, ad adiuvandum me festina.
V. Gloria Patri et Filio et Spiritui Sancto.
R. Sicut erat in principio, et nunc, et semper, et in saecula saeculorum. Amen. Alleluia



No tempo da Quaresma se acrescenta:
Louvor seja a ti, Senhor, Rei da eterna glória.

ACTVS CONTRITIONIS

Deus meus, ex toto corde: paenitet me, Trinitas Sanctissima; paenitet me, Trinitas amabilissima; paenitet me, Trinitas summe misericors, omnium meorum peccatorum, eaque detestor, quia peccando, non solum poenas a Te iuste statutas promeritus sum, sed praesertim quia offendi Te, summum bonum, ac dignum qui super omnia diligaris. Ideo firmiter propono, adiuvante gratia Tua, de cetero me non peccaturum peccandique occasiones proximas fugiturum. Libera nos, salva nos, vivifica nos, O Beata Trinitas! Amen.


HYMNVS

Jam sol recedit igneus:
Tu, lux perennis, Unitas,
Nostris, beata Trinitas,
Infunde lumen cordibus.
Te mane laudum carmine,
Te deprecamur vespere,
Digneris ut Te supplices
Laudemus inter caélites.
Patri simulque Filio,
Tibique, Sancte Spíritus,
Sicut fuit, sit jugiter
Saeclum per omne gloria. Amen.

DEPRECATIONES ET LAUDES

V. OMNIPOTENTIA Patris, adiuva fragilitatem meam et e profundo miseriae eripe me. Amen.

R. Sanctus Deus, Sanctus fortis, Sanctus immortalis, miserere nobis.

Pater, Ave.

Deinde novies:
V. Sanctus, Sanctus, Sanctus Dominus Deus exercituum. Pleni sunt caeli et terra maiestatis gloriae tuae. Gloria Patri, Gloria Filio, Gloria Spiritui Sancto.
R. Tibi laus, Tibi gloria, Tibi gratiarum actio in saecula sempiterna, O Beata Trinitas!

V. SAPIENTIA Filii, dirige cogitationes, verba et actiones meas omnes. Amen.
R. Sanctus Deus, Sanctus fortis, Sanctus immortalis, miserere nobis.

Pater, Ave.

Deinde novies:
V. Sanctus, Sanctus, Sanctus Dominus Deus exercituum. Pleni sunt caeli et terra maiestatis gloriae tuae. Gloria Patri, Gloria Filio, Gloria Spiritui Sancto.
R. Tibi laus, Tibi gloria, Tibi gratiarum actio in saecula sempiterna, O Beata Trinitas!

V. AMOR Sancti, esto cunctarum animae meae operationum principium, quo iugiter sint divino beneplacito conformes. Amen. 

R. Sanctus Deus, Sanctus fortis, Sanctus immortalis, miserere nobis.

Pater, Ave.

Deinde novies:
V. Sanctus, Sanctus, Sanctus Dominus Deus exercituum. Pleni sunt caeli et terra maiestatis gloriae tuae. Gloria Patri, Gloria Filio, Gloria Spiritui Sancto. 
R. Tibi laus, Tibi gloria, Tibi gratiarum actio in saecula sempiterna, O Beata Trinitas!

Pietate tua, quaesumus, Domine, nostrorum solve vincula peccatorum, et intercedente beata semperque Virgine Dei Genetrice Maria cum beato Ioseph ac beatis Apostolis tuis Petro et Paulo et omnibus Sanctis, nos famulos tuos et loca nostra in omni sanctitate custodi; omnes consanguinitate, affinitate ac familiaritate nobis coniunctos a vitiis purga, virtutibus illustra; pacem et salutem nobis tribue; hostes visibiles et invisibiles remove; carnalia desideria repelle: aerem salubrem indulge; amicis et inimicis nostris caritatem largire; Urbem tuam custodi; Pontificem nostrum Benedictum conserva; omnes Praelatos, Principes cunctumque populum christianum ab omni adversitate defende. Benedictio tua sit super nos semper, et omnibus fidelibus defunctis requiem aeternam concede. Amen. 


Te Deum * Patrem ingenitum, te Filium unigenitum, te Spiritum Sanctum Paraclitum, sanctam et individuam Trinitatem, toto corde et ore confitemur, laudamus, atque benedicimus: tibi gloria in saecula.

V. Benedicamus Patrem et Filium cum Sancto Spiritu.
R. Laudemus et superexaltemus eum in saecula.

Oremus. Omnipotens sempiterne Deus, qui dedisti famulis tuis in confessione verae fidei, aeternae Trinitatis gloriam agnoscere, et in potentia maiestatis adorare Unitatem: quaesumus, ut eiusdem fidei firmitate ab omnibus semper muniamur adversis. Per Christum Dominum nostrum. R. Amen.

TRISÁGIO


Bendito seja * a Santa Criadora e Senhora de todas as coisas, a santa e indivisível Trindade Santíssima. Agora e sempre, por todos os séculos dos séculos!
V. Abri, Senhor, os nossos lábios!
R. E nossa boca anunciará vossos louvores.
V. Meu Deus, atendei as nossas orações...
R. Senhor, apressai-vos em nos socorrer.
V. Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
R. Assim como era no princípio, agora e sempre por todos os séculos dos séculos. Amém! Aleluia!





ATO DE CONTRIÇÃO

Ó meu Deus, com todo o meu coração: eu me arrependo, Santíssima Trindade; eu me arrependo, Amantíssima Trindade; eu me arrependo, Trindade sumamente misericordiosa, de todos os meus pecados e os detesto, porque pecando, não só mereci a punição que justamente estabeleceste, mas, sobretudo, Vos ofendi, sumo bem e digno de todo amor. Por isso, firmemente proponho, com a ajuda de Vossa graça, para o futuro, não mais pecar e fugir das ocasiões próximas de pecado. Livrai-nos, salvai-nos, vivificai-nos, Ó Santíssima Trindade.

HINO

Já se afasta o sol radioso,
Ó luz perene, ó Trindade,
Infunde em nós, ardoroso,
O fogo da caridade.
Na alvorada te louvamos
E na hora vespertina;
Concede-nos que o façamos
Também na glória divina.
Ao Pai, ao Filho e a Ti,
Espírito consolador,
Sem cessar como até aqui
Se dê eterno louvor. Amém.

SÚPLICA E LOUVOR

V. ONIPOTÊNCIA do Pai, socorrei minha fragilidade e elevai-me das profundezas da minha miséria.
R. Santo Deus, Santo forte, Santo imortal, tende piedade de nós.

Pai Nosso, Ave Maria.

Em seguida, nove vezes:
V. Santo, Santo, Santo, Senhor Deus dos Exércitos, os Céus e a terra estão cheios da Tua Majestade e Glória. Glória ao Pai, Glória ao Filho, Glória ao Espírito Santo.
R. Louvor, glória e ação de graças a Ti, pelos séculos dos séculos, Ó Santíssima Trindade!

V. SABEDORIA do Filho, dirigi todos os meus pensamentos, palavras e ações. Amém.
R. Santo Deus, Santo forte, Santo imortal, tende piedade de nós.

Pai Nosso, Ave Maria.

Em seguida, nove vezes:
V. Santo, Santo, Santo, Senhor Deus dos Exércitos, os Céus e a terra estão cheios da Tua Majestade e Glória. Glória ao Pai, Glória ao Filho, Glória ao Espírito Santo.
R. Louvor, glória e ação de graças a Ti, pelos séculos dos séculos, Ó Santíssima Trindade!

V. AMOR do Espírito Santo, sede o princípio de todas as obras da minha alma, para que sejam sempre conformes à vontade divina. Amém.
R. Santo Deus, Santo forte, Santo imortal, tende piedade de nós.

Pai Nosso, Ave Maria.

Em seguida, nove vezes:
V. Santo, Santo, Santo, Senhor Deus dos Exércitos, os Céus e a terra estão cheios da Tua Majestade e Glória. Glória ao Pai, Glória ao Filho, Glória ao Espírito Santo.
R. Louvor, glória e ação de graças a Ti, pelos séculos dos séculos, Ó Santíssima Trindade!

Pela Tua imensa piedade, Deus, quebrai o vínculo dos nossos pecados e, pela intercessão da Beata Sempre Virgem Maria, Mãe de Deus, com o beato José e os teus beatos Apóstolos Pedro e Paulo e todos os Santos, guardai em toda santidade a nós teus servos e a nossas casas; purificai dos vícios e dotai de virtude a todos os que estão unidos a nós por um laço de parentesco, afinidade e amizade; concedei-nos a paz e a salvação; afastai de nós os inimigos, visíveis e invisíveis; reprimi nossos desejos carnais: concedei-nos ar saudável; concedei Teu amor a nossos amigos e inimigos; guardai a Tua Urbe; conservai nosso Pontífice Bento; defendei de toda adversidade todos os prelados, príncipes e todos os povos cristãos. Que Tua benção esteja sempre sobre nós, e concedei o descanso eterno a todos os fieis defuntos. Amém.

Te Deum * Pai ingênito, Filho unigênito, Espírito Santo Paráclito, santa e indivisa Trindade, com todo o coração e a boca vos confessamos, louvamos e bendizemos: glória a Vós por todos os séculos dos séculos.

V. Bendigamos o Pai e o Filho com o Espírito Santo.
R. Louvemos e exaltemos acima de tudo, para sempre.

Oremos. Deus onipotente e eterno, que deste a nós Teus servos, pela profissão da verdadeira fé, reconhecer a glória da Trindade eterna e, pelo poder de Tua Majestade divina, adorar a Unidade: nós Vos suplicamos que, pela nossa firmeza nesta mesma fé, sejamos sempre defendidos de todas as adversidades. Pelo mesmo Cristo, nosso Senhor. R. Amém.






Querendo, pode-se acrescentar:


DEPRECAÇÃO DEVOTA À SANTÍSSIMA TRINDADE

V. Pai eterno, onipotente Deus;
R. Toda criatura Vos ame e glorifique.
V. Verbo divino, imenso Deus; R. Toda criatura...
V. Espírito Santo, infinito Deus; R. Toda criatura...
V. Santíssima Trindade e um só Deus verdadeiro; R. Toda criatura...
V. Rei dos Céus, imortal e invisível; R. Toda criatura...
V. Criador, conservador, governador de todo o criado; R. Toda criatura...
V. Vida nossa, em Quem, de Quem e por Quem vivemos; R. Toda criatura...
V. Vida divina, e Uma em três Pessoas; R. Toda criatura...
V. Céu divino de excelsitude majestosa; R. Toda criatura...
V. Céu supremo do Céu, oculto aos homens; R. Toda criatura...
V. Sol divino e incriado; R. Toda criatura...
V. Círculo perfeitíssimo de capacidade infinita; R. Toda criatura...
V. Alimento divino dos anjos; R. Toda criatura...
V. Belo íris, arco de clemência; R. Toda criatura...
V. Astro primeiro e Trino, que iluminais o mundo; R. Toda criatura...

(aqui muda a resposta!).

V. De todo mal de alma e corpo;
R. Livrai-nos, trino Senhor.
V. De todo pecado e ocasião de culpa; R. Livrai-nos...
V. De Vossa ira e indignação; R. Livrai-nos...
V. Da morte repentina e improvisa; R. Livrai-nos...
V. Das insídias e assaltos do Demônio; R. Livrai-nos...
V. Do espírito de desonestidade e das suas sugestões; R. Livrai-nos...
V. Da concupiscência da carne; R. Livrai-nos...
V. De toda ira, ódio e má vontade; R. Livrai-nos...
V. Das pragas da peste, fome, guerra e terremoto; R. Livrai-nos...
V. Dos inimigos da Fé Católica; R. Livrai-nos...
V. De nossos inimigos e de suas maquinações; R. Livrai-nos...
V. Da morte eterna; R. Livrai-nos...
V. Por Vossa Unidade em Trindade e Trindade em Unidade; R. Livrai-nos...
V. Pela igualdade essencial de Vossas Pessoas; R. Livrai-nos...
V. Pela sublimidade do mistério de Vossa Trindade; R. Livrai-nos...
V. Pelo inefável nome de Vossa Trindade; R. Livrai-nos...
V. Pelo portentoso de Vosso nome, uno e trino; R. Livrai-nos...
V. Pelo muito que Vos agradam as almas que são devotas de Vossa Santíssima Trindade; R. Livrai-nos...
V. Pelo grande amor com que livrais de males aos povos onde há algum devoto de Vossa Trindade amável; R. Livrai-nos...
V. Pela virtude divina que nos devotos de Vossa Trindade santíssima reconhecem os demônios contra si mesmos; R. Livrai-nos...

(aqui muda a resposta!).

V. Nós pecadores;
R. Rogamo-Vos, ouvi-nos.
V. Que saibamos resistir ao Demônio com as armas da devoção à Vossa Trindade; R. Rogamo-Vos...
V. Que embelezeis cada dia mais, com as cores da Vossa graça, Vossa imagem que está em nossas almas; R. Rogamo-Vos...
V. Que todos os fiéis se esmerem em ser muito devotos de Vossa Santíssima Trindade; R. Rogamo-Vos...
V. Que todos nós alcancemos as muitas felicidades que estão vinculadas para os devotos dessa Vossa Trindade adorável; R. Rogamo-Vos...
V. Que ao confessarmos o mistério de Vossa Trindade, se desfaçam os erros dos infiéis; R. Rogamo-Vos...
V. Que todas as almas do Purgatório gozem muito refrigério em virtude do mistério de Vossa Trindade; R. Rogamo-Vos...
V. Que Vos digneis ouvir-nos pela Vossa piedade; R. Rogamo-Vos...

V. Santo Deus, Santo Forte, Santo Imortal, livrai-nos, Senhor, de todo mal.
R. Amém.


OBSÉQUIOS OU OFERECIMENTOS À SANTÍSSIMA TRINDADE

1. Ó beatíssima Trindade, eu Vos prometo que, com todo esforço e empenho, hei de procurar salvar minha alma, visto como Vós a criastes à Vossa imagem e semelhança e para o Céu. E, também, por amor Vosso, procurarei salvar as almas de meu próximo.

2. Para salvar minha alma e dar-Vos glória e louvor, sei que hei de guardar a divina lei; eu empenho minha palavra de a guardar como a menina de meus olhos e de procurar, outrossim, que os outros a guardem.

3. Aqui na Terra, hei de exercitar-me em louvar-Vos e espero fazê-lo depois com maior perfeição no Céu; e, por isso, com frequência rezarei o triságio e o verso: “Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo”. E procurarei, além disso, que os outros Vos louvem. Amém.




*

PRÉ-VENDA DO CALENDÁRIO 2018!!

PRÉ-VENDA DO CALENDÁRIO 2018!!
CLIQUE NA IMAGEM

Mãe do Salvador, rogai por nós!

Mãe do Salvador, rogai por nós!
Clique na imagem e reze o Terço

.


"Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém."

Postagens mais visitadas deste blog

Ladainha de Nossa Senhora ou de Loreto

LITANIÆ LAURETANÆ


Kyrie, eleison Christe, eleison Kyrie, eleison. Christe, audi nos. Christe, exaudi nos Pater de cælis, Deus, miserere nobis Fili, Redemptor mundi, Deus, miserere nobis Spiritus Sancte Deus, miserere nobis Sancta Trinitas, unus Deus, miserere nobis Sancta Maria, ora pro nobis Sancta Dei Genetrix, Sancta Virgo virginum, Mater Christi, Mater Ecclesiæ, Mater Divinæ gratiæ, Mater purissima, Mater castissima, Mater inviolata, Mater intemerata, Mater amabilis,. Mater admirabilis, Mater boni Consilii, Mater Creatoris, Mater Salvatoris, Virgo prudentissima, Virgo veneranda, Virgo prædicanda, Virgo potens, Virgo clemens, Virgo fidelis, Speculum iustitiæ, Sedes sapientiæ, Causa nostræ lætitiæ, Vas spirituale, Vas honorabile, Vas insigne devotionis, Rosa mystica, Turris Davidica, Turris eburnea, Domus aurea, Foederis arca, Ianua cæli, Stella matutina, Salus infirmorum, Refugium peccatorum, Consolatrix afflictorum, Auxilium Christianorum, Regina Angelorum, Regina Patriar…

Os benefícios de rezar pelas Almas do Purgatório

SIMPLES PENSAMENTOS SOBRE O PURGATÓRIO Os benefícios de rezar pelas Almas do Purgatório


REQUIEM AETERNAM DONA EIS, DOMINE;  ET LUX PERPETUA LUCEAT EIS.  REQUIESCANT IN PACE. AMEN

Existência do Purgatório
“... se os verdadeiros penitentes deixarem este mundo antes de terem satisfeito com frutos dignos de penitência pela ação ou omissão, suas almas são purgadas com penas purificatórias após a morte; e para serem aliviadas destas penas, lhes aproveitam os sufrágios dos fiéis vivos, tais como o sacrifício da missa, orações e esmolas, e outros ofícios de piedade que os fiéis costumam praticar por outros fiéis, segundo as instituições da Igreja” (Concílio de Florença, 1439).
O Concílio de Florença reafirmava o que dois outros Concílios antes dele haviam dito: os Concílios Ecumênicos de Lião I[1] e II[2], em 1245 e 1274, respectivamente. O mesmo foi reafirmado, depois, pelo Concílio de Trento[3] (de 1545 a 1563)[4].
“Aqueles que morrem na graça e na amizade de Deus, mas não são perfeitamente pur…

Orações Jaculatórias

ORAÇÕES JACULATÓRIAS
Jaculatórias são orações ou invocações muito curtas, mas, o mais ardente possível, que dirigimos a Deus, isoladamente ou nas orações, no começo ou final dessas, ou no final de cada dezena do Rosário. A qualquer momento podemos dirigir a Deus alguma oração jaculatória, dizendo tudo o que nos pode inspirar a fé, a esperança, a caridade e a contrição.

Chama-se jaculatória porque parece um jato (jaculum, em latim quer dizer jato) que lançamos para Deus do fundo de nosso coração.

A matéria dessas pequenas orações a encontramos:
- na ordem das coisas da natureza, para admirar, louvar e agradecer o poder, a sabedoria e a bondade de Deus;
- na ordem da graça, para admirar, louvar e agradecer o que Deus fez na Encarnação de Nosso Senhor, o que faz na Eucaristia e os outros sacramentos; enfim
- na ordem da glória, para admirar, louvar, agradecer a Deus pela glória de Nosso Senhor, da Santíssima Virgem e dos santos.

O Catecismo (São Pio X, 977) nos ensina que “quando nos vemos…

Informação

Este blog tem a modesta pretensão de divulgar somente orações CATÓLICAS, conforme a Santa Tradição da Igreja. Pedimos a caridade de nos informar eventual erro de digitação e/ou tradução, ou link quebrado (vejam o formulário no menu lateral). Gratos.

.