Informação

Este blog tem a modesta pretensão de divulgar somente orações CATÓLICAS, conforme a Santa Tradição da Igreja. Pedimos a caridade de nos informar eventual erro de digitação e/ou tradução, ou link quebrado (vejam o formulário no menu lateral). Gratos.

Pedido

"Aproveitemos o tempo para santificação nossa e dos nossos parentes e amigos. Solicitam orações, que estaremos rezando juntos, em união de orações aos Sagrados Corações."

Pesquisar neste blog

.


"Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém."

sábado, 2 de novembro de 2013

COROA DE CEM “RÉQUIENS”

Segundo a web, Ana Maria Taigi era devotíssima das Santas Almas do Purgatório. Em sua piedade amava sufragar as Almas Santas com a recitação de cem réquiens. Ela testemunha ter obtido de Deus muitos celestes favores nas circunstâncias mais diversas e nas necessidades mais graves, espirituais e temporais.


COROA DE CEM “RÉQUIENS”

Em sufrágio dos defuntos.

(Usa-se o terço comum, dando-se duas voltas).


Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

1. Vos ofereço, meu adorado Jesus, em auxílio das Almas do Purgatório, o merecimentos dos sofrimentos e das dores que sofrestes pela nossa redenção, e começo contemplando aquele sangue que transudou de vosso corpo por causa da tristeza e da angústia que vos assaltou no Jardim das Oliveiras.

Recita-se 10 vezes o Réquiem:
"Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno
e a Luz Perpétua os ilumine.
Descansem em paz. Amém".

Almas santas, Almas do Purgatório, rogai a Deus por mim, que eu rogarei por vós, para que vos conceda a glória do Paraíso.

2. Vos ofereço, meu adorado Jesus, pelas Almas do Purgatório, a suma aflição que vos contristou o coração ao ver um discípulo vosso, Judas, por vós amado e favorecido, tornar-se um perseguidor e trair-vos com beijo sacrílego, para vos entregar nas mãos de cruéis inimigos.

Recita-se 10 vezes o Réquiem:
"Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno
e a Luz Perpétua os ilumine.
Descansem em paz. Amém".

Almas santas, Almas do Purgatório, rogai a Deus por mim, que eu rogarei por vós, para que vos conceda a glória do Paraíso. 

3. Vos ofereço, meu adorado Jesus, pelas Almas do Purgatório, a admirável paciência com a qual suportastes tantos ultrajes por parte daquela vil soldadesca que vos arrastou de Anás a Caifás, de Pilatos a Herodes, o qual, para mais vos desprezar, fazendo-vos vestir a veste dos loucos, entre as zombarias e o escárnio do povo, vos mandou de volta ao governador romano.

Recita-se 10 vezes o Réquiem:
"Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno
e a Luz Perpétua os ilumine.
Descansem em paz. Amém".

Almas santas, Almas do Purgatório, rogai a Deus por mim, que eu rogarei por vós, para que vos conceda a glória do Paraíso.

4. Vos ofereço, meu adorado Jesus, pelas Almas do Purgatório, a amargura que turbou o Vosso espírito quando tu, inocente e justo, foste pelos Judeus posposto a Barrabás, sedicioso e assassino, e em seguida, amarrado à coluna, sem qualquer misericórdia, foste açoitado com inúmeras chibatadas.

Recita-se 10 vezes o Réquiem:
"Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno
e a Luz Perpétua os ilumine.
Descansem em paz. Amém".

Almas santas, Almas do Purgatório, rogai a Deus por mim, que eu rogarei por vós, para que vos conceda a glória do Paraíso.

5. Vos ofereço, meu adorado Jesus, pelas Almas do Purgatório, a humilhação que suportaste quando, para tratar-vos como um falso rei, colocaram em Vossos ombros um trapo de púrpura e vos deram por cetro um caniço, vos cingiram a cabeça com a dolorosa coroa de espinhos, e assim Pilatos vos mostrou ao povo com as palavras: Ecce homo.

Recita-se 10 vezes o Réquiem:
"Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno
e a Luz Perpétua os ilumine.
Descansem em paz. Amém".

Almas santas, Almas do Purgatório, rogai a Deus por mim, que eu rogarei por vós, para que vos conceda a glória do Paraíso.

6. Vos ofereço, meu adorado Jesus, pelas Almas do Purgatório, o inefável pesar que sentiste quando contra vós gritaram: “crucifica-o!”, “crucifica-o!”: e o penoso peso suportado com sublime resignação ao longo do caminho para o Calvário, com o pesado madeiro da cruz sobre os ombros.

Recita-se 10 vezes o Réquiem:
"Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno
e a Luz Perpétua os ilumine.
Descansem em paz. Amém".

Almas santas, Almas do Purgatório, rogai a Deus por mim, que eu rogarei por vós, para que vos conceda a glória do Paraíso.

7. Vos ofereço, meu adorado Jesus, pelas Almas do Purgatório, a compassiva piedade e a dor profunda por Vós inteiramente sentidas no momento em que de Vossa dileta Mãe, vinda para encontrar-Vos e abraçar-Vos, foste violentamente separado.

Recita-se 10 vezes o Réquiem:
"Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno
e a Luz Perpétua os ilumine.
Descansem em paz. Amém".

Almas santas, Almas do Purgatório, rogai a Deus por mim, que eu rogarei por vós, para que vos conceda a glória do Paraíso.

8. Vos ofereço, meu adorado Jesus, pelas Almas do Purgatório, os inauditos tormentos que padeceste quando, estendido sobre a cruz o Vosso corpo ensanguentado, foste horrivelmente trespassado com pregos nas mãos e nos pés, e erguido sobre o ignominioso patíbulo.

Recita-se 10 vezes o Réquiem:
"Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno
e a Luz Perpétua os ilumine.
Descansem em paz. Amém".

Almas santas, Almas do Purgatório, rogai a Deus por mim, que eu rogarei por vós, para que vos conceda a glória do Paraíso.

9. Vos ofereço, meu adorado Jesus, pelas Almas do Purgatório, a angústia e os padecimentos que por três horas contínuas suportastes pendurado na cruz, e os espasmos que sofrestes em todos os membros, aumentados pela presença de Vossa Mãe dolorosa, testemunha de tal excruciante agonia.

Recita-se 10 vezes o Réquiem:
"Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno
e a Luz Perpétua os ilumine.
Descansem em paz. Amém".

Almas santas, Almas do Purgatório, rogai a Deus por mim, que eu rogarei por vós, para que vos conceda a glória do Paraíso.

10. Vos ofereço, meu adorado Jesus, pelas Almas do Purgatório, a desolação que oprimiu a Virgem Santíssima ao presenciar a Vossa morte, e a dor aguda provada por seu terno coração ao acolher-Vos, exânime, deposto da cruz, em seus braços.

Recita-se 10 vezes o Réquiem:
"Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno
e a Luz Perpétua os ilumine.
Descansem em paz. Amém".

Almas santas, Almas do Purgatório, rogai a Deus por mim, que eu rogarei por vós, para que vos conceda a glória do Paraíso.


Querendo, pode-se rezar em seguida a Ladainha pelos Defuntos




+
Informe aqui o seu email, para receber nossas publicações:


Delivered by FeedBurner.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog é eminentemente de caráter religioso e comentários que ofendam os princípios da fé católica não serão admitidos. Ao comentar, tenha ciência de que os editores se garantem o direito de censurar.

Vale a pena ver...

Vale a pena ler